''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




sexta-feira, 23 de julho de 2010

UM POUCO DE NOSTALGIA


BLUMENAU, A PEQUENA CIDADE ONDE
EU NASCI.
UM PEDACINHO DA ALEMANHA NO BRASIL.

BLUMENAU VISTA DO ALTO
DA CAIXA D'AGUA.

NOSSA IGREJA LUTERANA, TANTAS LEMBRANÇAS.
FOI AI O CASAMENTO DOS MEUS PAIS, A PRIMEIRA
COMUNHÃO DA MINHA MÃE E DA MINHA IRMÃ.
AS ESCOLAS DOMINICAIS E OS INCONTÁVEIS
CULTOS AOS DOMINGOS.
MEU DEUS, QUANTA SAUDADE DO MEU
TEMPO DE INFANCIA.

FOTO DE UMA RUA DE MUITOS ANOS
ATRAS, MAS A ATMOSFERA AINDA PODE
SER ENCONTRADA EM INUMERAS RUAS COMO
ESTA.

O MAGESTOSO TEATRO CARLOS GOMES.

A ATUAL PREFEITURA, SEMPRE LINDA
E ILUMINADA.

A ANTIGA ESTAÇÃO DE TREM NÃO
EXISTE MAIS, APENAS AS LEMBRANÇAS DAS
NOSSAS VIAGENS A MOSQUITO E SALTO WEISSBACH.

A IGREJA MATRIZ E SUA IMPONENTE TORRE,
UM CHARME TODO ESPECIAL DE BLUMENAU.

O VELHO ESTÁDIO DE FUTEBOL TAMBÉM NÃO EXISTE
MAIS. MAS AS LEMBRANÇAS DAS VEZES QUE
FUI COM MEU PAI ASSISTIR O OLIMPICO
JOGAR, ESTÃO VIVAS NA LEMBRANÇA.

A VELHA PONTE DO SALTO,
QUANTA SAUDADE DESTE LUGAR. MINHA TIA
ASTA MORAVA BEM PERTINHO. AS PONTES DE
BLUMENAU SÃO MUITO BONITAS.

A VELHA PONTE PRETA.
INCONTÁVEIS VEZES A ATRAVESSEI E
SEMPRE QUANDO VOU A BLUMENAU E TENHO
OPORTUNIDADE, CONTINUO ESTE RITUAL.

UMA FOTO AEREA, POSSIVELMENTE
DA DÉCADA DE SETENTA.
APENAS POSSO RESUMIR TUDO
NUMA PALAVRA,
SAUDADES.

2 comentários:

  1. Siegmar... Ponha NOSTALGIA nisso!!! Meu Deus, quantas lembranças brotaram dessas fotos...
    Valeu Mano!

    ResponderExcluir
  2. Olha, Sieg, o que você colocou é uma verdadeira poesia. Uma declaração de amor a Blumenau e à sua vida ali. Juro que me deu vontade de conhecer esta cidade. Na verdade, passei por lá uma vez, eu acho, mas não tenho certeza se foi de verdade ou se foi sonho. Tenho a impressão de que passei por lá. Mas, talvez um dia, eu vá conhecê-la realmente, pois você atiçou minha curiosidade. Eu acho que o que você sente é o mesmo que eu sinto em relação a Aldehuela, com a diferença de que eu não nasci lá.
    Tere.

    ResponderExcluir