''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




quarta-feira, 29 de maio de 2013

INFELIZMENTE É VERDADE!

O cartaz mensagem ao lado circula na internet.

"NÃO VÁ AO BRASIL
LÁ O CRIME É LIVRE E TEM APOIO DO GOVERNO.
MENORES DE 16 ANOS TEM PASSE LIVRE PARA COMETER QUALQUER CRIME.
MATAR CRUELMENTE, ESTUPRAR EM TRANSPORTES PÚBLICOS E A JUSTIÇA DESTE PAÍS NÃO TEM LEIS PARA ESTES CRIMES."

Triste imagem do nosso país, envergonha,
mas é mais do que verdadeira, é a nossa realidade.

Ontem mais um dentista foi queimado vivo durante um assalto. Um cobrador de ônibus foi estupidamente assassinado e seu algoz o fez ainda debochando.
Leis? No Brasil? Apenas foram criadas para proteger corruptos, ladrões e assassinos, ou alguém dos ladrões do mensalão está na cadeia? Lula está na cadeia?
Ninguém, até mesmo os assassinos de 242 jovens, co-responsáveis pelo incêndio de uma casa noturna em Santa Maria, no início do ano, já estão em liberdade.

Não, o cartaz merce ser divulgado, mostrado, pois nada mais é do que a pura e única verdade.
"PT, UM GOVERNO DE CRIMINOSOS, GOVERNANDO E DEFENDENDO CRIMINOSOS!"
(Siegmar)

terça-feira, 28 de maio de 2013

A ALEMANHA, AS CRIANÇAS E OS ANIMAIS

Überlingen no Bodensee, uma bela cidade alemã. Foi em ao passear pelas ruas que minha irmã se deparou com a pequena barraca. Mais ainda o cartaz, onde se lê: "Para nossos jovens protetores de animais".

Era uma barraquinha contando um pouco sobre os feitos de crianças em prol dos animais, os pequenos protetores.

Isto explica por exemplo, por qual razão não existem animais abandonados, especialmente cães e gatos, perambulando abandonados pelas ruas na Alemanha.

Tudo esta na educação e na conscientização das crianças, que desde pequenas, aprendem a respeitar e  se preocupar com a vida de animais.

Eu mesmo, como descendente de alemães, aprendi desde pequeno este respeito pela vida de outros seres. Me foi ensinado e esclarecido que é errado maltratar ou abandonar animais.

Me foi ensinado que eles precisam de cuidados, de amor e carinho, assim como todos nós. Me foi ensinado que  podemos prevenir gravidez indesejadas nas fêmeas e que somos responsáveis pela vida que nos cerca.

Um povo educado e com leis criadas pelo povo e para o povo, assim são os alemães.
Diferente daqui, onde as leis são criadas apenas para defender bandidos, para lhes garantir a menor pena possível ou se possível, pena alguma.

Creio que somente daqui a dez mil anos chegaremos aos pés de uma educação como a dos alemães.

Infelizmente aqui, poucos educam seus filhos e os ensinam a respeitar e amar os pequenos amigos animais.

Ao contrário, com o crescente abandono de animais, ensinam seus filhos a como se livrar deles, os abandonando em rodovias ou simplesmente jogando filhotes nas ruas ou quintais de vizinhos.

Punição para maus tratos e abandono aqui existe apenas no papel. Ninguém é preso ou multado por este crime e quando é, se pode apelar até a sujeira cair no esquecimento.

Reparem na imagem do centro da pequena cidade acima, não vemos também lixo algum jogado nas ruas, tudo isto é educação, respeito por si mesmo e pelo próximo.

Me orgulho de descender de um povo assim, creio que esta no meu sangue a educação, o respeito pela vida e o amor para com os animais.
Me faz sentir gente, me faz sentir humano de verdade, talvez algumas pessoas devessem começar a passar este sentimento e ensinamentos a seus filhos, creio que tornaríamos este país num grandioso país.

É, talvez um dia, talvez um dia!
(Siegmar)


TYPISCH DEUTSCH


Durante um dos seus passeios pela Alemanha, minha irmã encontrou estes dois "alemães" passeando com seu dono.
Perguntou se poderia tirar uma fotografia e para sua surpresa, o senhor retirou a guia e pediu aos dois para sentarem para uma foto, coisa que prontamente fizeram.
Como podem ver, não apenas o povo alemão é educado, mas igualmente seus melhores amigos.
Na próxima postagem falarei sobre a educação e conscientização dos europeus, especialmente os alemães, em relação a seus animais de estimação.
(Siegmar)

segunda-feira, 27 de maio de 2013

PESSOAS QUE SE IMPORTAM E FAZEM A DIFERENÇA

Todos os sábados e domingos, das 13:00 as 17:00 horas acontece na rua Marechal Hermes, 678 no Centro Cívico, uma feirinha de adoção de animais que foram um dia abandonados e tiveram a sorte de encontrar verdadeiros seres humanos pela frente, que lhes resgataram e os prepararam para uma nova chance. Talvez a chance de uma vida mais digna,  sem mais abandono ou serem maltratados.
A feirinha apenas não acontece em dias de chuva, pois é ao ar livre.
Para participar da feirinha, basta durante a semana se inscrever no e-mail abaixo e aguardar a confirmação com as instruções.

vagas@caopanheirocuritiba.com.br

Fabi, Pamela, Denise, Sonia, são alguns dos nomes de jovens que se importam e fazem o que podem para garantir uma vida melhor para animais que um dia foram simplesmente descartados como lixo. Filhotes jogados nas ruas ou em quintais de vizinhos. Atos de pessoas ignorantes que acham que assim é mais fácil se desfazer do que julgam ser um problema.
A maioria sabe que poderiam levar os pequenos animais para esta ou outra feirinha de adoção, mas a preguiça e a indiferença fala mais alto. Mais simples abandonar.

Maigue, eu, Sonia e outros sabem disso. Sempre que podemos salvar um amigo de quatro patas cuidamos e procuramos uma solução digna. 

No último sábado vi dois exemplos maravilhosos do que é se importar com a vida. 
Um senhor, Felipe,  estava doando um cachorrinho de uns cinco meses que havia adotado recentemente, mas como mora num apartamento pequeno com sua mulher e duas filhas, sendo uma um bebe, ele viu que o cão iria crescer muito e ficaria desconfortável no pequeno apartamento. Assim o levou para a feirinha e conseguiu encontrar um casal que adotou o pequeno animal e lhe dará não apenas o espaço que precisa, mas também o amor que recebeu do amigo que um dia o resgatou das ruas. Pude perceber as lágrimas de alegria do homem que doou o cão. Pude sentir que ele amava o animal mas para o próprio bem do cão, ele não poderia ficar mais com ele, e encontrar um novo lar foi a felicidade, a certeza de poder dormir tranquilo por saber que o animal estaria a salvo e feliz.

Outro exemplo foi também de Carlos, um senhor que adotou dois cães de rua, um casal, mas por descuido, a fêmea emprenhou e teve quatro filhotes. Lá foi ele para a feirinha e conseguiu doar os pequenos recém desmamados. Gestos tão simples e significantes, tão belos, diante de tanta crueldade e indiferença.
Poderíamos sim fazer deste um mundo bem melhor, mais digno, mais humano e mais limpo, mas a cada dia que passa, a indiferença toma mais e mais conta do coração de sempre mais pessoas.

Mas estes exemplos são poucos, infelizmente a ignorância dos ignorantes vence cada vez mais. Enquanto pessoas como Felipe e Carlos não abandonam, diariamente centenas de Joãos , Pedros e Marias, simplesmente levam seus cães para lugares distantes e os abandonam a própria sorte. Jogam filhotes nas esquinas de ruas movimentadas ou dentro de quintais de pessoas que nem sequer conhecem, ou conhecem, mas a falta de vergonha na cara os impede de se identificar. Em geral, depois destes atos, estas pessoas vão marchar por Jesus e correr para suas igrejas, indiferentes de sua crença e pronto, acham que estão abençoadas por Deus. Ou são as mesmas que algumas vezes já observei, são de seus "templos" e quando veem um animal faminto e abandonado, fazem de conta que não não lhes diz respeito e até, em algumas ocasiões, jogam pedras para intimidar estes pobres animais.

Eu não marcho por Jesus, eu prefiro caminhar com Ele, ao menos caminhar o mais próximo possível, pois sei que nem sequer sou merecedor de suas bençãos.
(Siegmar)

sábado, 25 de maio de 2013

ALGUMAS HORAS DE LIBERDADE DO GRANDE ZEUS

Este garotão se chama Zeus. Tem aproximadamente 7 para 8 anos.
Hoje, pela primeira vez Zeus foi passear.

Conheceu o que é liberdade, cheirou outros cães e farejou tudo o que encontrava pela frente.

Há anos tento convencer a sua dona a deixar que eu cuide deste garotão, ao menos que me permitisse andar com ele uma vez por semana, mas não foi tarefa fácil.

Ontem finalmente ela permitiu que eu o levasse a veterinária para um banho e uma consulta. Sorte do garotão. Foi diagnosticado exercícios periódicos, assim, ao menos uma vez por semana Zeus irá passear e cheirar a liberdade.

A alegria em seus olhos é visível, sei que ele sente que hoje foi um dia muito especial e sei também que ele sabe agora que existe algo mais do que quatro paredes que o cercam.
Não posso dizer que Zeus foi maltratado, infelizmente conheço cães em situações bem mais degradantes, mas um cão do tamanho de Zeus, precisa de passeios periódicos para sua saúde e bem estar.

Bom, hoje foi o dia de Zeus e muitos outros dias de liberdade estão pela frente.
Quem ama, cuida!
Estas palavras significam muito mais do que simplesmente alimentar e dar um abrigo, significa mais, se importar, dar carinho, fazer o animal se sentir amado, verdadeiramente amado.

Quantos animais não vivem a mesma situação?

Por qual razão algumas pessoas simplesmente adotam um animal para depois o deixar vivendo como que abandonado dentro de seu próprio terreno?

Bom, quanto mais conheço a espécie que se diz superior e "humana", tenho as respostas que preciso.

Como seria maravilhoso se um dia o mundo voltasse a pertencer apenas aos animais e toda a raça humana fosse extinta, meu Deus, como isto seria maravilhoso!

Siegmar

segunda-feira, 20 de maio de 2013

TRÊS ANJINHOS, MELHOR DIZENDO, TRÊS CAPETINHAS A PROCURA DE UM LAR

Alguém pode explicar ou entender como é possível que pessoas abandonem criaturas tão belas?
Simplesmente as jogar na rua, para que procurem se defender por conta própria?
Que espécie de criatura sem sentimentos o homem se tornou?
Que exemplo dão a seus filhos e o que estes farão no futuro? O mesmo que os pais?
Abandonar animais é crime, pena que nossas leis sejam uma piada e que não temos justiça alguma.
Deveria existir uma punição severa para este tipo de lixo humano.
Talvez um dia os crimes cometidos contra animais venham a ser punidos, mas duvido muito, pois até para os crimes cometidos contra idosos e crianças, as penas são leves e brandas.
Mas que estas imagens façam pensar, que elas abram corações e mentes, para quem sabe o amor e respeito  a estas pequenas criaturas de Deus, um dia volte a existir.
Esta turminha está a procura de um lar, pode ser um lar humilde, mas um lugar onde sejam amadas e nunca, nunca mais abandonadas.
(Siegmar)


domingo, 19 de maio de 2013

PIPA, EROS E SMURPHY

Este é o Smurphy. Bebezinho de uns 45 dias abandonado ontem. Foi encontrado por minha amiga Elvira ao passear com Eros.

Elvira não foi indiferente como centenas de outras pessoas que o devem ter visto tremendo de frio e de fome. Ela o resgatou e lhe deu a chance de ter uma nova vida.

No momento já se enturmou com os novos amigos e até já brincou, agora dorme tranquilo no sofá ao meu lado.
Amanhã será dia de vacinas e o garotão será desverminado.
Ainda não sei se será adotado por alguém que realmente o ame, mas sei, que jamais voltará a ser abandonado, cuidarei disto pessoalmente enquanto viver e com a ajuda de meu bom Deus.

Ritinha e Joaninha vivem rodeando o bebe, para elas é sempre uma alegria quando chega um mais novo, ainda mais um menino.

As duas também foram um dia abandonadas a própria sorte. Joaninha era uma filhotinha ainda menor que Smurphy e por isso, creio que elas sabem a razão da chegada de um novo membro aqui em casa.

Animais sabem, eles sentem, eles lembram e nunca esquecem a gente.
Hoje ao visitar a amiga Elvira também foi dia de rever o velho Eros. Outro que um dia foi abandonado na véspera de Natal. Hoje é feliz e apesar de não mais estar comigo, ele lembra e sabe que foi eu que lhe acolheu e o protegeu até encontrar para ele um novo e feliz lar.

A alegria da minha chegada foi registrada nestes latidos de boas vindas.
Foi uma alegria só. Ele começa a correr e brincar como se para me mostrar o quanto é feliz.

Hoje o medo e a tristeza já desapareceram por completo de seus olhos, mas me lembro dos primeiros meses, seu olhar desconfiado, inseguro e assustado a cada vez que um estranho se aproximava. Sem dúvida Eros teve muita sorte, uma por cruzar o meu caminho e segundo por ter recebido um lar e o carinho da amiga Elvira, sua atual dona e amiga.



Outra garota que hoje recebeu minha visita foi a pequena pincher Pipa. Toda feliz ao me rever, exibiu seu novo guarda roupa.
A Isa, minha amiga e quem carinhosamente a recebeu, vive paparicando a menina.
Modelos de dar inveja a princesas, Pipa desfila toda feliz com seus vestidinhos novos.

 Olha aí as duas gatinhas.
Pipa um dia também foi abandonada e ficou comigo por uns tempos.
Depois devido a não se adaptar com alguns dos meus outros cães, precisei encontrar para ela um novo lar. Não podia ter encontrado lugar melhor e mais feliz.

Pipa entrou na vida de André e Isa num momento muito triste de suas vidas. A perda do pai, meu amigo Lincoln, num acidente de transito.

Pipa os ajudou a superar um pouco a dor, com suas travessuras.



Bom, depois do desfile destes três modelitos de inverno, quem não faria questão de fazer algumas poses?

Esta mimada tem até um puff só para ela, mordomia que nem aqui em casa ela tinha, era preciso dormir no tapete mesmo, dividindo o espaço com mais alguns.
Agora, hoje, ela reina feliz em seu novo lar e nunca esqueceu o costume de abraçar as pernas de todos que chegam.
Deus abençoe a Isa, ao André, a Elvira e a todos os que ajudam animais abandonados, e lhes dão uma nova e verdadeira vida. Uma vida repleta de carinho e bondade.
Hoje também fui com meu amigo André visitar outra amiga numa chácara, mas rodamos por horas e não mais encontrei o lugar, devo estar começando a ficar com Alzheimer, já estive três vezes nesta chácara, e todas as vezes encontrei de primeira, hoje no entanto, rodamos horas a procura do lugar e nada de encontrar, mas ficam alguma imagens da bela região mesmo assim. Em breve voltarei a procurar o lugar e rever mais dois amigos, um casal de gatos que um dia nasceram dentro do meu guarda roupas, a Júlia e o Juliano, mas esta história fica para outra ocasião.
(Siegmar)



sexta-feira, 17 de maio de 2013

A FALTA DE UMA BOA TREPADA FAZ A GENTE ODIAR ATÉ A CLASSE MÉDIA

“Eu odeio a classe média”, rosnou Marilena Chauí já no início da discurseira que esquentou o debate sobre os 10 anos de governo lulopetista.

Este excremento de cara feia ai ao lado se diz "filosofa e intelectual".
Uma comunista ordinária da pior espécie.
Ela odeia a classe média. A vagabunda odeia a classe média.
Exatamente, este excremento, que tem um orgasmo cada vez que Lula fala, odeia a classe média.

Segundo ela, o mundo se ilumina sempre quando Lula fala e também segundo a retardada mental, Lula é a deusa Métis.

Já escrevi sobre o assunto neste blog. O nome deste verme é Marilena Chauí. Uma desavergonhada que ganha milhões do governo para vender seus livros de merda, que são naturalmente adotados pelo MEC nas escolas, para ajudar a fazer a cabeça de seus filhos, contra a classe média, naturalmente.

Estou exagerando? Então quem tiver um tempinho assista ao vídeo indicado abaixo e escute o que esta fdp diz.
Pessoalmente creio que falta uma boa trepada para esta vadia. Quem sabe uma rapidinha atrás de uma moita com a deusa Métis? Mas duvido que Lula iria encarar, ele é mais chegado em Rosemarys, com esta pilantra ai de cima, nem com um travesseiro na cara.

Mas o mundo está repleto de fdp deste tipo, pau na bunda deste excremento é pouco.
Reparem no vídeo que enquanto ela fala, gesticula freneticamente e seus olhos parecem sair das órbitas.
Realmente dá a impressão que ela está atingindo um orgasmo em público.
Falta de vara dá nisso!
Como diz o jornalista Augusto Nunes, ou ela deixou de ser da classe média e ficou milionária, ou ficou pobre, ou odeia a si mesma, ou ainda precisa urgentemente de um internamento num manicômio.
Eu ainda sou mais da opinião que falta mesmo uma urgente e boa trepada, mas quem teria coragem de encarar este excremento?

Como podem ver, não estou exagerando nem um pouco, esta fdp realmente precisa urgentemente de um pau na bunda.
Será que ela celebrou quando recentemente queimaram a dentista viva? Afinal a jovem senhora assassinada era da classe média. Foi assassinada por vermes criados por pensamentos de uma vagabunda como esta filosofa de merda. Ela e os fdp que aplaudem freneticamente esta vadia. Bom, Lula, "a deusa Métis" está na platéia, não é mesmo?
Pena que a deusa Métis não métis com a vagabunda, iria acalmar um pouco a esta fdp.
Costumo ter mais respeito em minhas postagem, mas quando se trata de excrementos, impossível, assim peço perdão se para alguns, algumas palavras não terem sido nada suaves, mas acreditem, foram mais do que suaves, se eu escrevesse exatamente o que penso, ninguém iria ler.
(Siegmar)



SILVIO NA CAMA COM RONALDINHO E OBAMA

A dançarina Karima El Mahroug, mais conhecida como "Ruby, a Ladra de Corações", afirmou em testemunho que as dançarinas das festas de Silvio Berlusconi, ex-primeiro-ministro italiano, se vestiam como freiras, enfermeiras, Barack Obama e Ronaldinho Gaúcho.
Ruby depôs no julgamento em que a ex-showgirl e conselheira regional Nicole Minetti, o caça-talentos Lele Mora e o âncora de televisão Emilio Fede respondem por induzir e auxiliar a prostituição.

http://www.sidneyrezende.com/noticia/208003+berlusconi+pagava+para+que+eu+me+vestisse+de+obama+e+ronaldinho+diz+ruby

Para ilustrar estas "ilustres" reuniões de putaria com a grana dos italianos, criei a imagem acima para melhor entender como deveria ter sido. É, Berlusconi tem "bom" gosto.
Enquanto os italianos vivem a crise e o desemprego, a grana dos impostos paga a mordomia e as putarias do chefão. Mas parece que este povão qualquer hora vai reeleger o salafrário. Os italianos são meio parecidos com os brasileiros, adoram eleger e reeleger corruptos, salafrários e vagabundos.
Cada povo tem exatamente o governo que merece, infelizmente o povo nunca é um todo, existe sempre uma  minoria que percebe a verdadeira sacanagem destes vagabundos no poder.

Creio que aqui no Brasil, Lula pagava a sua "garota de programa" Rosemary a se fantasiar de Fidel Castro, ficava mais ou menos assim, como na imagem ao lado..

Falando nisso, aqui, silêncio total, mais de 171 dias de silêncio total. Imagino que quando um dia a tal da Rosemary abrir a boca irá nos contar muito mais do sequer imagina a vã filosofia.

Assim caminha a humanidade, cada povo com seus merecidos e escolhidos salafrários, pagando altos impostos para que seus governantes corruptos possam trepar com vadias fantasiadas de Obamas, Ronaldinhos e Fidéis.
Crise? qual crise? onde?
(Siegmar)

quinta-feira, 16 de maio de 2013

FOQUINHA E NENÊ, A ÚNICA RIQUEZA QUE TEMOS

Uma história triste, mas real. A realidade de milhares de brasileiros no país do "nunca antes" deste governo hipócrita e mentiroso chefiado por uma sem vergonha e mentirosa.

Fome Zero? Brasil Carinhoso? Brasil Sem Miséria? Minha casa, Minha Vida? Belas palavras da salafrária porca e comunista chamada de "presidenta".

A história deste senhor e sua família pode ser lida na integra no link que segue abaixo.

Talvez um dia este senhor tenha a chance de voltar para um lugar chamado de lar. Tenha a sorte de conhecer ao menos um pouco justiça.

Mas jamais será com este atual governo de ladrões, corruptos e assassinos.

Mais uma vez mostro a realidade que nos cerca, uma realidade triste e o mais imoral, o mais cruel, o mais nojento, é que enquanto pessoas humildes como o senhor Pedro vivem nesta miséria e sem esperança, o mundo marcha pelo direito de usar drogas, pelo direito de gays e lésbicas transarem em público, marcham pelas mentiras e pela hipocrisia. A fome, o desespero, a miséria de milhares de pessoas não importa para estes vagabundos, por isto não se beijam nem protestam.
Foquinha e Nenê, dois amigos caninos são a única riqueza que possuem. São palavras do sr. Pedro que demostram o quanto ele é um ser humano digno.

Ele precisa de tão pouco e não posso ajudar. Mas existem tantos que tem tanto. Quantas pessoas passam diariamente em seus carrões e nem percebem este homem e sua família vivendo na rua, ou percebem e fingem que não veem?

Quem sabe um dia os corações voltem a se abrir, quem sabe o amor ao próximo e a solidariedade volte a ser mais do que apenas palavras. Quem sabe então as pessoas voltem a saber o que ter dignidade e compaixão.
(Siegmar)
http://www.parana-online.com.br/editoria/cidades/news/668796/?noticia=EX+MOTORISTA+MORA+NAS+RUAS+E+SONHA+EM+VOLTAR+PRA+FAVELA

quarta-feira, 15 de maio de 2013

DINGO, TIGRINHA E A FERA

DINGO PENSATIVO























TIGRINHA COM CARA DE QUEM FOI PEGA NO FLAGRANTE






















FERA CURIOSA

terça-feira, 14 de maio de 2013

"SE O POVO TEM FOME E NÃO TEM PÃO, QUE COMAM INSETOS" (ONU 2013)

“Se o povo tem fome e não tem pão, que coma brioches”. Esta célebre e infeliz exclamação, atribuída a Maria Antonieta (1755-1793), esposa do Rei da França, Louis XVI, foi muito mal recebida pela população faminta que se amontoava às portas do Palácio do Trianon.

Os tempos mudaram, alguns séculos passaram. A fome aumenta. 
Enquanto existir o homem, haverá miséria  e fome. A ganância, a cobiça, a ignorância pelo poder apenas irá aumentar.

A fome de agora nem se compara com a fome que ainda está por chegar.
Uma fome onde tudo o que for possível ser devorado será devorado, incluindo as entranhas de seus próprios filhos, irmão e vizinhos.

Os gananciosos comerão até se fartarem e depois serão consumidos, em revoltas, em desespero dos que sentem a verdadeira fome.

Não veremos estes tempos, apenas nossos descendentes, nossos netos e bisnetos, mas até lá, jogaremos muitos alimentos no lixo, deixaremos apodrecer milhares de toneladas de batatas e outros alimentos, por não terem um preço ideal para ser vendido e comprado.
Sim, são outros tempos e agora...
Não é mais Maria Antonieta que vos fala, agora é uma reunião de prepotentes e assassinos. 

Juntos, com a sua arrogância, falam entre si.
Silenciosamente compactuam entre si.

Poderiam resolver os problemas do mundo, saciar a fome dos famintos, evitar que a miséria se alastre, mas preferem apenas fingir que se importam.

Fazem o povo de idiota e enquanto anteveem o futuro de desespero que se aproxima, dizem:

"Se o povo tem fome e não tem pão, que comam insetos" (ONU 2013). Esta célebre e infeliz exclamação foi dita ontem pela Organização das Nações Unidas.
http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2013/05/onu-sugere-comer-insetos-pra-reduzir-fome-no-mundo.html

Que tal algumas aranhas e gafanhotos para o almoço?
(Siegmar)


quinta-feira, 9 de maio de 2013

NUNCA ANTES TÃO LONGE E TÃO PERTO

Nunca antes estivemos tão distantes um do outro e ao mesmo tempo, nunca estivemos tão perto.

A estas horas, acompanhando o plano de voo, você esta sobrevoando o oceano Atlântico.

Quase 5.000 Km de distância, metade da viagem.

Um sonho realizado, um presente de Deus mais do que merecido por seus cuidados e dedicação com nossa mãe, neste últimos quase treze anos.

Liberdade para as borboletas!

Foi legal poder dividir os momentos antes do embarque com você, o almoço, ver a tua tranquilidade e teus sorrisos de alegria.

Sorrisos que fazia tempo eu não via.

Viva cada momento desta viagem, viva o sonho e a certeza da mudança. Você merece ser feliz.

























Este foi o começo da viagem, agora neste momento, sobre o belo oceano...

Até a volta, que os minutos passem devagar e as horas se prolonguem, para que você possa curtir cada momento, cada paisagem deste sonho.
Te amo querida irmã. Que Deus sempre te proteja.
(Siegmar)

segunda-feira, 6 de maio de 2013

PRONTAS PARA UMA NOVA CHANCE


























A Bela e a Fera acabam de voltar do pet shop. Cheirosas, desverminadas, vacinadas, receberam sua identidade, sua carteirinha de vacinação e estão prontas para encontrar um novo lar e um novo amigo.
As duas garotinhas vão crescer, ficarão de porte médio para grande, podem apostar.
Bela foi medicada e as feridas começam a cicatrizar. Talvez a cicatriz do abandono também um dia cicatrize.
Quem sabe, em seu novo lar, nunca mais precisem passar por isto. Passar pela indiferença, pelos maus tratos e voltar a conhecer a ignorância humana.
O destino dos animais é cada vez mais incerto. Hoje ainda existem umas poucas pessoas que amam animais, que os recolhem quando abandonados, os alimentam e lhes dão abrigo, mas e quando estas poucas pessoas deixarem de existir?
Sinto cada vez mais a nova geração indiferente com a vida, em geral  até com a própria vida, o que dizer então da vida de animais?
Deus os colocou em nosso caminho para que nos fizessem companhia em seu pequeno tempo de vida, mas quem ainda se importa ou pensa sobre isto, num mundo onde até Deus tem sido cada vez mais abandonado?
Resta a esperança, resta o continuar fazendo a minha parte enquanto estou vivo, e cada pequeno gesto, cada pequena vida que posso ajudar me traz enormes recompensas e uma alegria enorme, quase impossível de descrever.
(Siegmar)

DESCASO E INDIFERENÇA, MAS NA HORA DE PEDIR VOTOS, AS PROMESSAS SÃO MUITAS

A Escola Municipal Prefeito Omar Sabbag, em Curitiba, virou depósito de cães abandonados. É rara a semana em que não aparecem cães abandonados. Desde filhotes até cães adultos. São pessoas sem escrúpulos, sem sentimentos de amor, respeito ou solidariedade, que simplesmente levam os filhotes da cadela que têm em casa e que não castram por falta de educação e de respeito para com os animais e com as pessoas que depois encontram esses filhotes jogados nas ruas, em frente a suas casas e, agora, na escola acima citada. Muita gente passa por esses animais abandonados, mas a maioria é como os que abandonaram. Simplesmente passam e se preciso for, dão um ponta-pé para afastá-los. Vêm então os que respeitam esses pequenos e acabam tendo que resgatá-los para que não fiquem expostos ao frio, à fome, à sede e aos maus tratos de parte da população.
Acho que é chegada a hora de cobrarmos dos nossos vereadores e do prefeito uma solução para este problema. A prefeitura precisa urgentemente preparar local para abrigar estes animais, castrá-los para evitar reprodução e tratá-los com dignidade.

Quanto ao projeto que está para votação, que pretende verificar as pessoas que abrigam mais de 10 cães, acho um absurdo. O que a prefeitura vai fazer com esses animais? Jogá-los na rua outra vez? Deixem isso de lado e procurem recolher os que estão nas ruas, sofrendo, sendo atropelados e provocando acidentes. Deveria haver também uma lei que punisse quem abandona ou maltrata animais, mas uma lei que realmente punisse. Não da maneira que está aí, ninguém que é denunciado é punido.
Bom, Curitiba quer sediar a Copa do Mundo de Futebol! Que exemplo daremos aos turistas que aqui vierem? Vamos vê-los tropeçando em animais maltratados pelas ruas da "cidade de primeiro mundo"?
(Teresa Ibañez)




















domingo, 5 de maio de 2013

O BRASIL DE DILMA ROUSSEFF, BEM VINDO TURISTAS!

Enquanto a “burguesia” da morte dos filhos alheios pedia a liberação das drogas em Brasília, com o apoio do governo Dilma, num ônibus do Rio, uma mulher era estuprada aos olhos de todos
De todas as acusações que me fazem, a que acho mais divertida é a de “ser agressivo”. Por “agressividade”, entendem chamar as coisas pelo nome que elas têm — com frequência, as pessoas também! — e cobrar que os indivíduos se responsabilizem por suas ideias. Na sexta-feira, uma passageira de um ônibus que circulava na Zona Norte do Rio foi estuprada. Um sujeito armado entrou no veículo, anunciou o assalto, roubou pertences dos passageiros, estuprou a mulher e ainda a atacou a coronhadas. As testemunhas dizem que ele aparentava estar drogado. O “Dimenor”, cujo nome se esconde nas sinuosidades pusilânimes do ECA, que pôs fogo na dentista Cinthya Magaly Moutinho de Souza, confessou que tinha cheirado cocaína. O outro “Dimenor”, que deu um tiro na cabeça de Victor Hugo Deppman, também consome drogas.

A BELA E A FERA A PROCURA DE UM LAR

Estas duas meninas são a Fera e a Bela.  Mais duas pequenas criaturas abandonas à própria sorte.

45 dias talvez, e já conheceram o lado tenebroso dos que se consideram "humanos".

Possivelmente são irmãs, apesar de terem sido resgatadas em ruas diferentes, mas eram ruas próximas e ao serem colocadas juntas pareciam já se conhecer.

Precisam de um lar, precisam de carinho, de pessoas que ainda se importam, mas será que ainda existem pessoas assim?
Hoje mais uma vez pude observar a indiferença das pessoas, voltando para casa de suas igrejas, olhavam e seguiam adiante., alguma batiam os pés no chão para afastar a pequena que os seguia procurando ajuda.
Confiam nas pessoas, tem esperança de encontrar alguém que lhes de um abrigo e carinho, seja quem for, quando alguém lhes vira as costas, se voltam para o próximo que se aproxima, mas infelizmente, estas pequenas criaturas não sabem que poucos ainda tem o que se chama de amor, sentimentos e um coração.
Depois de um banho e um pouco de ração, dormem agora tranquilas aos meus pés.
Caso alguém queria adotar uma das meninas, envie um e-mail para: s.legolas@ig.com.br
(Siegmar)