''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




sábado, 30 de junho de 2012

O QUERO QUERO E NÓS / UM ARTIGO DE ELFRIEDE RAKKO EHLERT


Chuva durante dias! Parece interminável. Um frio que penetra até os ossos. E nos faz tremer nas bases. Quem não conhece isto? Mesmo assim temos que sair de casa e fazer o que é necessário.
Passando por um gramado, vimos alguns quero-queros. Será que são deficientes?  Pois ,  eis que estão apoiados numa perna só. Não , a outra está aí também, mas eles são espertos . Apóiam-se numa perna e a outra está encolhidinha debaixo da plumagem. Pensei na lição para nós: equilíbrio e procura de solução para um problema.
É tão natural e fácil perder o equilíbrio em situações desagradáveis.
Às vezes uma simples chuva já nos deixa mal-humorados a agressivos contra aqueles que nos rodeiam. Imaginem cair numa situação de doença, perda de emprego, inadimplência, por não saber  ou não querer admitir limites de nosso orçamento. Mais ainda quando a  pessoa querida do nosso lado desaparece, seja arrebatada pela morte  ou por divórcio.
Admiramos pessoas que não perdem as estribeiras ou o equilíbrio. Às vezes temos que nos contentar  com “uma perna”só   até que a outra se recupere  ou os tempos melhorem.  Quantas vezes ouvimos a frase: “Ela/ele é tão  desequilibrada/o”.  Isto geralmente quer dizer que a pessoa se deixa abalar e desviar do rumo  por coisas mínimas que para ela parecem máximas. Vivemos num mundo de turbulências  e crises , para usar uma palavra muito citada hoje.
Quem dá ao pássaro o saber sobre o equilíbrio e soluções em situações difíceis?
Quando passamos por um aperto, tudo parece escuro, chuvoso, frio.  Esquecemos que a chuva pode ser e é uma bênção.  Situações difíceis servem para mexer  na nossa maneira rotineira  de ver e aceitar tudo como normal. Elas nos ensinam outra visão e nossa mente busca e vê que mudanças têm que ser feitas. 
É tão maravilhoso  que podemos mudar, contentar-nos com menos, se for necessário, controlar nosso consumo  e nunca esquecer que o sol já brilhou em nossa vida e brilhará de novo.
Lembro-me sempre de minha mãe na época do comunismo na Rússia e da guerra. Teve que aprender a esquecer seu orgulho, vindo de uma família abastada,  e enfrentar filas e filas para comprar, p. ex. um quilo de açúcar na Rússia onde sempre faltava algo essencial, como hoje na Venezuela.
Equilíbrio e soluções, quem me dera  tê-los!
O quero-quero não esteve sozinho naquele gramado.Pessoas que enfrentam um mesmo problema, podem animar-se e ajudar-se mutuamente.  Solidariedade é que importa, ver as necessidades especiais do outro e as comuns.
Realmente emocionante o que assistimos diante de catástrofes da natureza: As pessoas se unem e  a alegria  que é proporcionada, volta ao próprio coração. Egoísmo?  Acho que não, é solidariedade.
                                                                                  Elfriede Rakko Ehlert, Curitiba

GRITOS E LAMENTOS AO DEUS ESQUECIDO

Milhares de pessoas estão certas que algo irá mudar em 2012. O fim do mundo para alguns, final dos tempos para outros, uma nova consciência cósmica para outros tantos, e para alguns idiotas, cometas e estrelas cadentes chamadas de Nibirus e Elenins irão destruir a terra. Sem esquecer o famoso calendário Maia.
Quanta idiotice, quanta merda o ser humano pode acumular e ainda querer mudar e ter uma consciência cósmica e superior.
Até eu já acreditei em algumas destas merdas, ao menos me deixei impressionar por alguns segundos.
Confesso de coração, que eu gostaria que tudo fosse realmente verdade. Que em dezembro, toda esta hipocrisia, corrupção e crescente indiferença acabasse com tudo e com todos.
Acabariam as injustiças, acabaria a fome e a miséria, a desigualdade e principalmente, acabaria a indiferença.
Mas sinto decepcionar os milhares que acreditam em todo este lixo, sinto decepcionar principalmente àqueles que acreditam numa nova consciência da humanidade. Mais fácil os Maias e seguidores de Nibirus e Elenins estarem certos, do que surgir uma nova consciência nestes seres hipócritas blindados pela ganância, avareza, indiferença, corrupção e egocentrismo.

Não será desta vez, ainda não. Não será em dezembro que ouviremos os choros e ranger de dentes, nem os gritos de desespero.
Mas, até dezembro e muito além dele, escutaremos milhares de outros gritos de lamento. A cada dia os escutamos, mas a nossa indiferença nos ensurdece a cada dia mais e mais.
O fim do mundo ou final dos tempos é a cada dia um pouco, mas poucos o percebem.
Hoje é para o seu vizinho, amanhã poderá ser e será a sua vez, a nossa vez.

Sim, até dezembro e além dele, ainda ouviremos muito gritos e lamentos. Gritos de mães chorando sobre o caixão de seus filhos, ou ente queridos, mortos, assassinados pelas drogas. Pelas mais diferentes drogas.
A cada dia crianças e jovens morrem mais e mais e pais gritam a dor pela perda de seus filhos. Mas não ouvimos estes gritos, não queremos ouvir, nos negamos a fazer parte dele, indiferentes, apenas lamentamos. São filhos de outros, não são os nossos, ainda não. Apenas saberemos o que é o fim do  mundo ou o final dos tempos, quando acontecer com alguém muito perto de nós.
Ai talvez acordaremos, pensaremos e gritaremos. Mas nem assim, uma nova consciência irá surgir.
Sim, para quem perde um ente querido, especialmente um filho, é um pouco o fim do mundo. Pois sabe que aquele ser poderia ter tido um destino diferente, mas o que não compreende, é que ele morreu devido ao silêncio e a indiferença dos demais.

Sim, até dezembro e além dele, ainda ouviremos muitos gritos e lamentos. Gritos de mães chorando sobre o caixão de seus filhos, ou ente queridos, vítimas de motoristas bebados, embriagados dirigindo como loucos. Insanos que irão matar e destruir a vida de muitas famílias.
E em dezembro, quando o Natal chegar, estes bebados impunes, irão festejar com suas famílias a impunidade e a hipocrisia no qual o Natal se transformou. Irão festejar, beber e sorrir, enquanto lágrimas descem pela face das mães e pais que enterraram seus filhos. Sim, indiferentes a tudo isso diremos: "Feliz Natal", isso ainda não aconteceu conosco, apenas quando acontecer saberemos que o mundo acaba de findar um pouco mais. Nova consciência? Quantas famílias já perderam seus filhos e amigos e algo  mudou? Nasceu alguma nova consciência? Milhares continuam dirigindo embriagados e senhores de si de que com eles isto nunca irá acontecer. Hipócritas, seu final de mundo está bem mais próximo do que imaginam.

Sim, até dezembro e além dele, ainda ouviremos muitos gritos e lamentos. Gritos de mães chorando sobre seus filhos morrendo de fome. Gritos distantes, os quais poucos se importam. Mas são vítimas da indiferença, vítimas da desigualdade, vitimas da corrupção e dos corruptos a quem o mundo laureia e presta homenagens.  Sim, vitimas da hipocrisia de todos, de milhares que mesmo vendo e sabendo que crianças e pessoas morrem de fome, jogarão no lixo no dia seguinte, o que sobrar da próxima ceia de Natal  e orgulhosos irão para suas igrejas festejar o aniversário do Senhor.
Sim, escutarão estes gritos ao longe, mas se negarão em aceitar que fazem parte da causa, que são tão responsáveis pelo fim da vida e do mundo destes seres, quanto os governantes corruptos que laureiam e aplaudem.
Quão imundo se tornou o ser humano, quão indiferente e avarento. Será que foi isso que aprenderam com suas mais diferentes seitas e religiões?

Sim, até dezembro e além dele, ainda ouviremos os gritos e lamentos. Gritos de mães chorando sobre o corpo sem vida de seus filhos e ente queridos, assassinados e violentados por guerrilhas, por terroristas, por fanáticos religiosos, por ditadores que se negam a deixar o poder. E a indiferença do mundo e dos outros governantes, que se dizem civilizados e respeitáveis, simplesmente irá permitir que estes gritos continuem interminávelmente. Apenas quando começarem a ouvir os gritos e lamentos de sua própria gente, talvez alguns acordem, tarde demais, mas talvez irão acordar.
Milhares ficarão calados e indiferentes diante dos gritos, dizendo serem o prenúncio de uma nova consciência cósmica que trará a paz e a harmonia aos hipócritas de sua própria espécie. Enquanto isso, consumirão locamente em seus shoppings e entoarão hinos e mantras.

Sim, até dezembro e além dele, ainda ouviremos os gritos e lamentos. Gritos de dor e desespero diante das catástrofes que chegam e chegarão de surpresa, seja aqui ou ali, seja em minha cidade ou na sua. Ouviremos o lamento e o choro dos familiares das vítimas enterrando seus mortos. Talvez ouviremos nossos próprios gritos e lamentos. Mais uma vez, para estes, para nós, terá sido o fim do mundo. Não são premonições, nem profecias, é apenas a realidade, a verdade que nos espera todos os dias e sempre nos encontra na indiferença diante de tudo.
Sim, os gritos e lamentos serão ouvidos, mas nenhum nova consciência cósmica ou seja lá que merda irá surgir. A velha consciência do quem pode mais, quem tem mais, quem pode ter mais e ser melhor, nunca irá morrer. Nada vai mudar. Os gritos e lamentos continuarão a ser ouvidos sempre, tanto quanto o barulho da destruição, mas nada fará algo mudar,  a destruição que todos são responsáveis de estarem criando, dia a dia mais e mais será eterna.

Sim, até dezembro e além dele, ainda ouviremos os gritos e lamentos. Gritos de jovens sendo massacrados por jovens lunáticos, enlouquecidos pela falta de amor e sem nehuma compaixão. Enlouquecidos pelo vazio de suas almas, um vazio criado pelo próprio homem. escutaremos os gritos e lamentos de seus pais chorando sobre seus corpos, pela vida interrompida bruscamente pela falta de compreensão e indiferença.
Os gritos virão de escolas, de cinemas, de shoppings e de universidades. A morte virá de surpresa, sem aviso prévio e sem nenhuma piedade. Psicológos irão tentar justificar, criarão mil teorias, mas nenhum deles será capaz de dizer, que a razão é bem mais simples, a razão é que Deus foi esquecido. O respeito pela vida foi esquecido, o valor de uma vida nada mais significa para estes jovens, tanto as vítimas, quanto os que apertam o gatilho ou se explodem no caos do vazio de suas mentes. Mais uma vez alguns dirão, que é esta a nova consciência cósmica que se aproxima.
Mais uma vez, Deus nem sequer será mencionado, sua bondade, seus ensinamentos apenas caem no esquecimento.

Sim, até dezembro e muito além dele, ainda ouviremos os gritos e lamentos. Os gritos e lamentos de vítimas de terroristas, enlouquecidos pela falta de fé a qual ousam chamar de fé verdadeira. Enlouquecidos pela injustiça, pela arrogância de seus lideres e pela cegueira da própria loucura.
Ouviremos as explosões, contaremos os mortos e os somaremos às estatísticas. Gritos de homens, mulheres e crianças morrendo e os lamentos dos que ficam para velar. Mas a injustiça se tornará ainda mais implacável, pois enquanto esperam pela nova consciência "cósmica", mais uma vez se afastam de Deus, do Deus que nos deixou lições e nos alertou e alerta a todo instante, que basta um pouco de amor e a tudo isto poderíamos evitar, basta amar e aceitar nosso próximo, olhar para ele e ver nosso próprio reflexo e semelhança. Bastaria isso, e nunca mais gritos e lamentos seriam ouvidos ou ecoariam por este pequeno mundo.

Sim, até dezembro e muito além dele, ainda ouviremos os gritos e lamentos. Gritos de mulheres e crianças injustiçadas, perseguidas e humilhadas. Crianças e mulheres violentadas de todas as formas, sejam de corpo ou alma, seja por preconceito, pela fome, pela indiferença ou falta de direitos, igualdade e dignidade.
E tudo isto será para eles o que chamamos de fim do mundo. E tudo isto irá acontecer enquanto milhares estarão olhando para o céu esperando ver Nibirú ou Elemin chegarem e outros entoando canticos por uma nova consciência cósmica.
A hipocrisia não tem mais volta. Jogamos não apenas a dignidade, a honra, a moral e  a honestidade no lixo, jogamos também a misericórdia, o próprio Deus e o mundo no lixo com a nossa cada vez maior indiferença. Nos tornamos hipócritas solitários, que sorriem diante de cameras, fingindo o que não somos e nunca seremos,  enquanto nos corroemos de mágoas no interior de nós mesmos.

Sim, até dezembro e além dele, também haverão gritos e lamentos que sequer serão ouvidos. Gritos de desespero de criaturas inocentes, bebes e animais abandonados à própria sorte. Jogados no lixo, enterrados vivos, ignorados e desprezados. A maioria estará ocupada e indiferente demais com estes gritos. Ocupada em sua avareza e importãncia do ter e ser. Do eu sou isso, eu sou aquilo, eu tenho isso e tenho aquilo, eu quero comprar isso e aquilo. Enquanto silencia o grito dos inocentes, eles gritam numa falsa alegria para esconder a sua própria vergonha e solidão. Esperam ansiosos pela nova consciência "cósmica", que não sabem eles, nunca virá.

Sim, até dezembro e além dele, também haverá gritos e lamentos que sequer serão ouvidos. Gritos da natureza sendo dizimada. O desespero da vida selvagem morrendo sufocada no óleo derramado em seu habitat. Morrerão sem sequer saber a razão, sem entender. O grito silencioso dos oceanos e rios sendo assassinados pela indiferença da grande consciência cósmica. Gritos de árvores que queimam em silêncio, árvores cortadas e pisoteadas. A grande consciência cósmica chamará a tudo de "desenvolvimento sustentável" e reuniões serão feitas em prol do "progresso". Estes gritos e lamentos jamais serão ouvidos. O barulho dos shoppings impedirá que sejam ouvidos.

Faltam 174 dias para o fim do mundo? Faltam 174 dias para uma surgir uma nova consciência cósmica ou seja lá que merda for?

O fim do mundo é um pouco a cada dia, o final dos tempos é o  agora de todos os dias.
Mas mesmo parecendo rápido, será cada vez mais lento e doloroso, mais e mais gritos e lamentos se farão ouvir e milhares de gritos e lamentos jamais sequer serão ouvidos. Até que se façam ouvir os gritos da indiferença, mas os lamentos chegarão tarde demais.
Quando os gritos começarem a se tornar blasfemias e se dirigirem diretamente ao Deus esquecido, ai sim, os que sobrarem, estarão diante do verdadeiro fim.

(Siegmar)

sexta-feira, 29 de junho de 2012

MERCOSUL OU MER "CÚ" SUL ?

Os três patetas do Mercosul usaram o golpe que não houve no Paraguai como pretexto para a execução de um golpe de verdade


O golpe que não houve no Paraguai foi o pretexto invocado pelos parceiros vigaristas para a consumação de um golpe real. Sem a presença do único integrante do Mercosul contrário ao ingresso da Venezuela bolivariana, os governos do Brasil, da Argentina e do Uruguai concederam ao companheiro Hugo Chávez a carteirinha de sócio do clube que nunca funcionou.
Durante oito anos, o Congresso paraguaio amparou-se na cláusula que exige respeito às regras democráticas para barrar a entrada do bolívar-de-hospício. Sete dias bastaram para que a trinca de cínicos removesse a pedra no caminho de Chávez e instalasse no Cone Sul a república de araque localizada no extremo norte do subcontinente.
O impeachment de Fernando Lugo foi decretado sem que qualquer norma constitucional fosse violada. “Tenho a impressão de que foi um golpe”, hesitou Dilma Rousseff no dia do despejo do reprodutor de batina. Se também não souber direito que palavra deve usar para definir o que acaba de fazer em companhia da Argentina e do Uruguai, o neurônio solitário pode dispensar-se de dúvidas: golpe é o nome da coisa.
O Mercosul, formado por parceiros que vivem tentando enganar uns aos outros, transformou-se numa inutilidade controlada por três patetas. Agora são quatro.
Augusto Nunes - Revista Veja


SABE DE ALGUÉM QUE TEM UM LABRADOR PARA DOAR OU VENDER ? MAS TEM QUE SER PURO, SENÃO NÃO QUERO!

Com certeza todos já devem ter ouvido a frase acima. Principalmente após certo filme chamado Marley.

Com frequência encontro idiotas que dizem estar a procura de um labrador. Jamais adotariam um cão abandonado, mas querem um labrador.

Muitos destes idiotas não tem nem condições de comprar papel higiênico para limpar a própria bunda, mas querem um labrador.

Claro que existem algumas pessoas que tem um labrador e cuidam muito bem, lhe dão carinho e vida digna. Mas muitos labradores não tem esta sorte. Quando velhos ou por apresentarem algum problema de saúde, são rapidamente abandonados à própria sorte.

É o caso do garotão ai da foto. Bobi é seu nome provisório, simplesmente apareceu do nada. Bobi é um cão idoso, deve ter dez anos ou talvez até mais, mas não foi apenas por esta razão que Bobi foi com certeza abandonado. Bobi tem um tumor no pescoço e uma inflamação no ouvido, assim, rapidamente deram um jeitinho de se livrar do velho amigo que um dia lhes deu alegria.

Bobi foi recolhido por uma vizinha. Ela não tem condições financeiras para cuidar deste cão. Bobi precisa de espaço e tratamento, mas quem se habilita a ajudar?

Onde estão os idiotas que querem um labrador nesta hora?
Que espécie de lixo se transformaram as pessoas?
Algumas não tem onde cair mortas, mas compram um cão para depois o abandonar na velhice. De bandos filha da puta este mundo está cheio, transbordando.
Bobi é meigo e carinhoso, não sei qual será o seu destino.
As pessoas pensam que apenas vira latas são abandonados? Se surpreenderiam se soubessem quantos cães de raça são levados para longe, ou abandonados perto de rodovias para morrerem atropelados. E são estas mesmas pessoas, que em seguida vão rezar para seus santos ou para o próprio Deus, pedindo para interceder por seus imundos problemas.

Eu não posso ajudar o velho Bobi, bem que eu gostaria de poder ficar com ele, mas pelo bem dos cães dos quais eu já abrigo, não posso.
Não tenho mais espaço, nem condições financeiras para tanto, e quem tem, parece não se importar.
Estamos tentando juntar algum dinheiro     entre amigos, para tratar de sua cirurgia, mas e depois? Qual será o seu destino?
Voltará para as mãos de alguém que novamente o abandonará ao menor sinal de uma doença qualquer?
Estou falando de um labrador legítimo e idoso.
Animais, especialmente cães e gatos estão se tornando lixo para a maioria das pessoas. A vida está se tornando lixo devido a um lixo chamado de ser humano.
Assim, na próxima vez que ouvir alguém dizendo que quer um labrador, pensem em Bobi.
"SABE DE ALGUÉM QUE TEM UM LABRADOR PARA DOAR OU VENDER? MAS PRECISA SER PURO ! E JÁ VOU AVISANDO, QUANDO FICAR VELHO E DOENTE, JOGO NA RUA !
(Siegmar)


SANÇÕES CONTRA O GOVERNO ERRADO


Sanções contra o Paraguai ? por qual razão ? por terem se livrado de um corrupto fazedor de filhos?  O Paraguai e seu povo merece ser congrartulado, merece respeito e admiração. Ao menos não se conformaram calados com a corrupção e imundices deste bispo salafrário.
Quisera que em meu país o povo e o congresso tivesse a mesma coragem e rapidez em agir contra os ladrões que nos governam, mas aqui, infelizmente todos compactuam com a corrupção. Falta justiça, falta honestidade e honra, coisa que parece sobrar aos paraguaios.
Meu conselho? Se as sanções impostas se tornarem amargas demais, desliguem o botão, aquele que ilumina as noites dos nossos governantes. Imponham as suas condições, vocês são uma soberania e isso precisa ser respeitado. Mas os corruptos que os cercam tinham outras intenções que foram frustradas pela sua coragem. Estou com vocês amigos paraguaios.
Deveriam sim fazer sanções contra a Argentina, contra a Bolívia e a Venezuela,  que se apropriam de empresas e capital de outros países, isso sim é golpe, Mas cade a coragem da mídia para expor vadios como Cristina Kirchner, Evo "Sem" Morales e o patético Cháveco?
Ver o meu país participar e apoiar sanções contra este povo querido e vizinho, me envergonha, mas sei que minha vergonha é compartilhada por milhões de outros brasileiros que pensam da mesma forma. Que Deus ilumine sempre esta terra maravilhosa e ilumine os seus corações.
Me pergunto se a dona Cristina "Maralvina" não tem vergonha na cara em pleitear o que não lhe pertence. Deveria deixar as Malvinas em paz, lá o povo é feliz e não precisa de um governo corrupto como os argentinos já tem.
(Siegmar)

59% DE CORRUPTOS E LADRÕES ?

Saiu hoje uma pesquisa na qual é dito que o governo Dilma Rousseff conta com 59% de aprovação.
A mim não perguntaram nada.

Conversando hoje com uma grande amiga, ela me disse que o governo é corrupto porque o povo é corrupto.

Triste, mas verdadeiro. Um entre um milhão devolveria uma carteira com dinheiro se encontrasse uma.

Assim, temos um governo corrupto espelhando a imagem de um povo corrupto. Afinal, é impossível que 59% aprove este governo de ladrões.
Nunca antes eu vi tanta impunidade, tantos escândalos, tanta mentira, tanta hipocrisia, tanta corrupção como neste atual governo de Lula da Silva e Dilma Rousseff.

Chega a enojar ver noticiários, a cara de pau, a falta de vergonha na cara é gigante e gritante. Uma completa imbecil finge governar o Brasil, e sabemos que por trás de cada ação estão as ordens do salafrário Lula da Silva, este sim, é quem ainda governa e dita as ordens.

Faz pacto com bandidos, defende os corruptos, e se faz de completo ignorante que "nunca sabe de nada".

Se esta pesquisa está correta, podemos realmente afirmar e ter a certeza, que 59% da população é composta de ladrões e marginais. Só esta laia iria aprovar as imundices vergonhosas de Dilma e seu "cumparsa" Lula.
Quero acreditar que estes 59% sejam petistas, ai sim eu acreditaria. Pois tenho a certeza, que até entre os petistas deve existir gente honrada e honesta que não compactua com estes ladrões que instituíram a total impunidade e emporcalharam até a nossa justiça.

Se governar é defender "cumpanheiros" corruptos e ladrões safados, então realmente a grande Dilma Rousseff merece a completa aprovação. É imoral ver uma mulher governar sem um pingo de vergonha na cara, mas o que se poderia esperar de uma pilantra comunista?

Assim, chega de reclamar, realmente o Brasil encontrou seus governantes perfeitos, agora falta apenas eleger Fernandinho Beira Mar e quem sabe Carlos Cachoeira, pois entre estes dois e Lula e Dilma, não existe absolutamente nenhuma diferença. Aliás existe uma sim, Fernandinho Beira Mar não mente, não disfarça o que realmente é, já Lula e Dilma.....
(Siegmar)

quinta-feira, 28 de junho de 2012

SOBRE IMPUNIDADE, BANDIDOS, LADRÕES,SALAFRÁRIOS E CORRUPTOS

O HOMEM QUE NÃO SABIA DE NADA....

LULA: A RESERVA MORAL DO BRASIL...

Não entendo a "perplexidade" de alguns setores da sociedade com a aliança entre Lula e Maluf, como se o ex-presidente fosse a reserva moral e ética do país...
Os dois mandatos de Lula foram marcados pela leniência do Capo com os chamados "malfeitos", tendo como ápice o maior escândalo desde a proclamação da república: o Mensalão!

O probo José Dirceu, à época, afirmava que não fazia nada sem o conhecimento de Lula, e é notório, que Dirceu, foi considerado pela justiça, "como chefe da quadrilha" que comprava apoio dos parlamentares da base aliada para as falcatruas petistas!

Falando em Mensalão, não alimento grandes espectativas com a imparcialidade do julgamento, sabendo-se das pressões que Lula (sempre ele...) exerceu sobre os juizes que atuarão neste tão postergado "malfeito!" Destaque absoluto para o companheiro Lewandowski...

Carlos Vereza.
 http://carlosverezablog.blogspot.com.br/

E falando em impunidade, bandidos, ladrões, salafrários, corruptos e comunistas...




IMPUNIDADE GARANTIDA

Vem ai mais uma grande farsa.
Um julgamento de cartas marcadas.
Impunidade garantida para todos os ladrões do mensalão, alguém quer apostar?
Combate a corrupção? No Brasil dos salafrários petistas?
Rabo preso é o que não falta, justiça não existe, então, julgamento fajuto e piada pronta.
Tudo foi muito bem preparado, todos foram bem pagos e comprados.
Deveriam inocentar logo todos os ladrões e chefes de quadrilha, poupariam a nossa inteligência.
E demais, o que adianta julgar uma dúzia de ladrões se o verdadeiro chefão nem está na lista dos bandidos?
Só ai já podemos perceber a farsa toda.
Não foi o José Dirceu, considerado o chefão, que falou "QUE NÃO FAZ NADA SEM CONSULTAR E A AUTORIZAÇÃO DE LULA?"
Então. José Dirceu em parte é realmente inocente, só seguiu as ordens do verdadeiro chefão.
SÓ NÃO ENXERGA QUEM NÃO QUER.
(Siegmar)

KATHY BATES - UMA GRANDE DAMA


Impossivel não amar Kathy Bates.
Impossível esquecer seus personagens. Bettina na série A Sete Palmos, Annie em Misery, Evelyn em Tomates Verdes Fritos, Dolores Kleiborne em Dolores Kleiborne, e tantos outros.
Kathy Bates é única, seus personagens deixam marcas. Até mesmo quando torcemos por um final trágico para a personagem, como Annie em Misery, a qual nós mesmos gostaríamos de ter matado.
Mas Kathy, com seus personagens nos transforma a todos um pouco obsessivos como Annie. Como seria bom se pudessemos eternamente acompanhar os passos de seus personagens, muito além depois do final do filme.
Na imagem ao lado uma cena de Misery.
Annie em um momento de inocência e tranquila, apresenta a  sua porca de estimação ao seu prisioneiro. Fúria e doçura. Foi um Oscar mais do que merecido. Algumas vezes, quando séries como A Sete Palmos, ou um bom filme chega ao fim, me lembro de Annie, se eu pudesse, faria a mesma coisa, prenderia o autor e o obrigaria a dar a eternidade aos personagens que nos marcam e fazem sonhar acordados. Estes personagens, deixam saudades, deixam marcas que não se apagam, principalmente quando a interpretação do ator ou atriz parece se tornar a criatura do papel.
Kathy sempre conseguiu isto. Ela vive seus personagens e os torna reais, descobrimos que eles existem um pouco em cada um de nós.
Como seria possível esquecer de Dolores Claiborne? Quantas mães teriam a mesma coragem e amor para fazer o que Dolores fez por sua filha?
Quem poderia condená-la? Sei que são apenas personagens, mas todos foram inspirados na vida real. Existem dezenas de mulheres que passam pelo drama que Dolores Claiborne passou, dezenas? Creio que melhor seria dizer centenas, senão milhares. Mas, infelizmente, existem poucas Kathy Bates para as interpretar e lhes dar vida. Ensinar a fazer o que seria o correto, na real, a única coisa certa que poderia e deveria ser feita em situações como está.
A lição de amor e amizade deixada por sua personagem Bettina em A Sete Palmos é o maior exemplo.
São poucos os atores que conseguem transmitir emoções e deixar que elas continuem muito além do final. Kathy consegue, sempre conseguiu, com todos os seus personagens, ela conseguiu.
Quem de nós não gostaria de fazer, ao menos uma vez na vida o que sua personagem Evelyn faz no pequeno vídeo acima, numa cena de Tomates Verdes Fritos?
Kathe nos consegue fazer mudar, de alguma forma, seus personagens nos transformam. Kathy nos transforma, com sua doçura, sua simpatia, seu exemplo.
Se você nunca assistiu um filme com Kathy Bates, não saberá do que estou falndo, se já, tenho certeza que concorda com cada palavra.
(Siegmar)

quarta-feira, 27 de junho de 2012

GEORGE ORWELL

"The most effective way to destroy people is to deny and obliterate their own understanding of their history."

"O modo mais eficiente para destruir pessoas, é negar e eliminar o conhecimento que eles possuem de sua própria história."

"But if thought corrupts language, language can also corrupt thought."


"Mas se pensamentos corrompem a linguagem, a linguagem também pode corromper pensamentos."

"All the war-propaganda, all the screaming and lies and hatred, comes invariably from people who are not fighting."

"Todas a propaganda de guerra, todos os gritos, mentiras e ódio, invariavelmente provém de pessoas que não estão lutando. (não se importam)"

"Everyone believes in the atrocities of the enemy and disbelieves in those of his own side, without ever bothering to examine the evidence." 


"Todos acreditam nas atrocidades do inimigo e negam suas próprias atrocidades, sem nem mesmo se importar em examinar as evidências."


Apenas algumas frase de George Orwell. Um homem que nos presenteou não com a ficção, mas com a verdadeira visão do futuro.
1984 e A Revolução dos Bichos é mais atual e realidade do que nunca. O "eu sei o que você está fazendo neste instante",não é mais segredo.


Pensamentos e linguagem estão corrompidos. A história como a conhecemos e sabemos ser verdadeira é a cada dia mais destruída. Especialmente em nosso país. Onde calados e indiferentes assistimos a impunidade crescer assustadoramente.
O Brasil está sendo degradado. O povo indiferente apenas se preocupa com o consumo, e com as imundices de novelas e outros "programas" cada mais mais podres e indecentes.
Enquanto as mentiras diárias são aceitas e bandidos são transformados em "heróis do povo", recebendo títulos de honoris causas, os salafrários vão se aproveitando da ignorância do povão e enchem os próprios cofres enquanto dizem estar cuidado para acabar com a miséria. A verdade é que estão sim, mas a sua própria miséria.
Facebook, odeio este lixo. Nele podemos perceber o quanto as pessoas se deixaram dominar, expõe suas verdades e mentiras, tentam impressionar e se relacionar, pois há tempos desaprenderam o que significa se relacionar cara a cara.
Seus segredos não são mais segredos, estão cada vez mais sendo expostos aos olhos de todos e não podem mais voltar atras.
Aplaudem a evolução, ou melhor, a involução de bandidos como Lula da Silva e os veneram. A justiça se deixou corromper, a dignidade desapareceu, a honestidade foi esquecida e a imundice e a impunidade venceram.

  • "Ocorreu-lhe que a vida toda de um homem era desempenhar um papel, e que achava perigoso abandonar, por um momento que fosse, sua falsa personalidade." - 1984, George Orwell


"In times of universal deceit, telling the truth becomes a revolutionary act." 


"Em tempos de fraudes universais, dizer a verdade se torna um ato revolucionário."


"Eu não sou um revolucionário, infelizmente, não sou. Mas vejo a verdade e ela me incomoda. Melhor dizendo, não é a verdade que me incomoda, me incomoda a cegueira proposital daqueles que fingem que não veem a verdade e compactuam com as mentiras." (Siegmar - 2012)

terça-feira, 26 de junho de 2012

A HIPÓCRITA "GUERRA DO PARAGUAI" - MARIA LUCIA VICTOR BARBOSA

O Rio+20, é sabido, redundou num monumental fiasco de dimensões globais. A montanha pariu uma carta de intenções rasa como um pires e, para piorar, a presidente Rousseff não ficou bem na foto, especialmente quando foi criticada na “Cúpula de Mulheres”. Na imensa Torre de Babel teve de tudo: mulheres nuas, índios de cocar e saiote de palha filmando e fotografando com filmadoras e celulares de avançada tecnologia, indefectíveis sem-terra sempre presentes em manifestações e não no cultivo do solo, adeptos da maconha livre, enfim, povos variados que, de algum modo, foram financiados para no Rio de Janeiro fazer turismo em favelas e festejar em casas noturnas e em restaurantes.
Não foi, porém, um carnaval sem alguns contratempos, pois numa espécie de antecipação do que vai ser a Copa de 2014, as delegações estrangeiras tiveram que enfrentar falta de estrutura no aeroporto Tom Jobim, ausência de recepcionistas que falassem inglês, lentidão no trânsito e uma série de confusões e desconfortos que, naturalmente, não foram experimentados pelos chefes de Estado, excluídos os mais importantes que tinham mais o que fazer e não vieram prestigiar o governo brasileiro. Os que compareceram gostaram da carta chinfrim, enquanto as ONGs se recusaram a assinar o insosso documento.
No entanto, a festa global teve um toque interessante. Cientistas se dividiram entre os que dizem que o mundo vai esquentar por conta da intervenção do homem que não cessa de jogar gás carbônico na atmosfera e os que falam numa nova era glacial e excluem a interferência humana nas catástrofes planetárias. Um instigante debate entre ideologia e ciência. Afinal, o cientista que previu as tremendas consequências do aquecimento global voltou atrás em suas teorias que lembravam o fim do mundo para o agrado de milenaristas e, também, de esquerdistas que com a queda do Muro de Berlim resolveram a empunhar a bandeira verde.

Não se pode deixar de mencionar a figura macabra presente ao evento: Mahmoud Ahmadinejad. O que teria o tenebroso personagem vindo fazer no Rio de Janeiro? Aproveitar para abraçar seu grande amigo Lula da Silva? Disseminar a ideia de uma ecologia atômica? Pregar seu terrorismo que iguala os infiéis na morte? O abjeto presidente do Irã que nega o Holocausto tem em mente, em primeiro lugar, o extermínio de Israel. Em seu país, “democraticamente”, manda apedrejar mulheres, persegue minorias religiosas e homossexuais. Como é “democrático” não tolera a imprensa livre.  Dá “lições de democracia” quando prende, tortura e mata os que contestam suas barbaridades. Entretanto, esse ente abominável, que se mostra avesso aos direitos humanos, é idolatrado por Lula da Silva e seus companheiros que dizem que os problemas do Irã são questão de soberania.
Muito melhor aprender com os judeus sobre desenvolvimento sustentável. Isto porque, Israel é líder mundial em eficiência do uso da água, líder mundial inovador na área de alimentos, líder em tecnologia de energia solar e térmica. Assim, se houve alguma coisa séria e que fizesse a diferença nesse Rio+20, essa coisa foi a presença de representantes de Israel.

Quanto a hipócrita “guerra do Paraguai”, movida em estilo latino-americano, parece que o governo petista não aprendeu com a vexaminosa lição de Honduras. Quem não se lembra da embaixada brasileira transformada em picadeiro de Manuel Zelaya, o adepto de Chávez que tramava, a exemplo deste, conspurcar a Constituição de seu país a fim de se perpetuar no poder?
Acometida por amnésia histórica a presidente Rousseff se apressou em enviar o chanceler Patriota ao Paraguai com recomendação de que falasse grosso com o Congresso daquele país, o que fez cair por terra a teoria da soberania que é sempre apresentada quando o déspota é companheiro.
Cuba, com seu sanguinário e longevo regime castrista é tida pelo governo petista como intocável nação soberana. Chávez, o golpista por excelência, o brutal inimigo da liberdade de pensamento, recebe marqueteiros enviados por Lula para disputar mais uma eleição. Evo Morales, que expropriou a Petrobrás e tem tido problemas com revoltas populares é muito apreciado no Brasil.

Cristina Kirchner, que está enterrando a economia argentina, reinventou a guerra das Malvinas para atrair as simpatias do seu povo e fez mais: suspendeu o Paraguai da reunião do Mercosul em Mendoza. Aliás, os nove integrantes do bloco aceitaram a decisão em nome da “ruptura democrática em Assunção”, apesar do impeachment de Lugo ter sido conduzido de acordo com normas constitucionais. As sanções que o Brasil pretende impingir ao Paraguai em nome de um golpe que não existiu, demonstra a imitação do estratagema de Cristina Kirchner com sua fictícia guerra das Malvinas. Teríamos uma espécie de guerra do Paraguai para tentar distrair as atenções, uma vez que nossa economia segue velozmente ladeira abaixo.
 Contudo, para que não nos envergonhemos novamente é preciso que o Brasil respeite a decisão soberana do Paraguai e deixe que Lugo, em vez da pantomima do governo paralelo, siga sua verdadeira vocação aumentando a prole como um autêntico pai da pátria.

Maria Lucia Victor Barbosa é socióloga.





segunda-feira, 25 de junho de 2012

UM LUGAR AO SOL

Depois de quase duas semanas de chuva e garoa, hoje o sol deu a sua presença praticamente o dia inteiro. Alegria para os pássaros, que pareciam cantar mais do que o comum. Mas a alegria maior foi da turminha aqui de casa. Todos procuraram seu lugar ao sol.Na primeira foto, parte da turminha se esbaldando no quintal, na segunda, o gato Gracioso dividindo o lugar com Joaninha e Karol, que ao menos conseguiu esquentar um pouco as suas costas.

GOODBYE LONELY GEORGE, GOODBYE MY FRIEND!

CEM ANOS DE SOLIDÃO
Solitário Jorge, a última tartaruga gigante de sua espécie que habitava as ilhas Galápagos, morreu neste domingo depois de infrutíferas tentativas para que se reproduzisse, informou a reserva ecológica equatoriana. Muitos cientistas o consideravam a criatura mais rara da Terra.
O animal, único sobrevivente da espécie Geochelone abigdoni, tinha idade estimada em mais de 100 anos e foi encontrado sem vida no centro de criação de tartarugas terrestres da ilha Santa Cruz, informou o Parque Nacional Galápagos (PNG) em um comunicado.

E assim desaparece mais uma espécie do nosso pequeno mundo. Um dia seremos nós, e felizmente não haverá ninguém para anunciar a nossa extinção. Nós somos a espécie que deveria desaparecer por primeiro, somos a única espécie que apenas sabe destruir. Não faremos falta e melhor ainda será sermos esquecidos neste universo.

Lonely George, caso você encontre Deus, diga para Ele que eu não mais  consigo entender porque a cada dia mais destruímos os Seus milagres. Ficamos indiferentes perante a Sua criação e maravilhas.
Adeus meu amigo, adeus meu pequeno gigante solitário.
(Siegmar)

SERÁ ISSO O FUTURO DE SÃO PAULO?

SEM COMENTÁRIOS, MAS A BELA SÃO PAULO NÃO MERECE ISSO.
(Siegmar)

sábado, 23 de junho de 2012

FULANA E PLIC, UMA DUPLA DO BARULHO

Fulana e Plic.
Incrível o quanto crianças e pequenos filhotes são parecidos. Brincar é o lema, Brincar e correr até a completa exaustão.
Algumas vezes, quando as brincadeiras fogem do normal e um ou outro se sente injuriado, lágrimas e brigas. Mas dura apenas alguns segundos e então a brincadeira recomeça.
Aprontar arte, é com eles mesmo. Assim como as crianças que algumas vezes quebram o vaso da mamãe, os pequenos filhotes roem, cavam e destrem o que encontram pela frente. Buracos em colchões, tapetes mastigados, cadeiras roídas, tudo faz parte da brincadeira. Na hora da bronca, quem foi? Olhares sapecas e inocentes parecem sorrir da malandragem aprontada.
Eles chegam tristes em geral, sem entender a razão de terem sido repentinamente arrancados de sua mãe e irmão e abandonados  sozinhos e indefesos em algum lugar qualquer.
Mas lentamente a vida parece voltar, reaprendem a sorrir e começam a brincar. Algumas vezes ainda sonham, podemos perceber isso durante suas sonecas, parecem correr algumas vezes, ou choramingam como se fosse de saudade de algo ou de alguém. Mesmo os mais velhos, quando resgatados depois de adultos, sonham, e podemos ter a certeza que sonham com o seu antigo lar, daquele do qual um dia, sem compreender foram expulsos. Sonham com seus antigos donos, tenham sido bons ou não, eles simplesmente sonham com eles, pois cães não sabem odiar, eles apenas amam.
Já vi cães que foram espancados, latirem de alegria ao ver chegar seus donos que os espancaram.
Vejo pelos meus, quantas vezes, após uma bronca mais séria, eles parecem sorrir e se pudessem me lamberiam por inteiro. Assim são Fulana e Plic, assim são todas as pequenas criaturas, crianças e animais. Alguma vezes fazem um xixi no tapete, ou onde não devem e na hora errada, faz parte da infância de todos nós. Alguns aprendem rápido o que podem e não podem fazer, outros, demoram um pouco mais para entender. Mas assim como milhares de crianças, também eles são abandonados ou simplesmente jogados no lixo, sem qualquer dó, piedade ou dignidade, será que são eles os verdadeiros assim chamados, animais irracionais?
Se eu pudesse, adotaria todas as crianças abandonadas em orfanatos, adotaria todos os animais que perambulam sem destino pelas ruas, ou estão amontoados em abrigos onde não lhes resta mais nada de vida digna. Ensinaria as crianças a amar e respeitar todos os pequenos seres vivos, lhes ensinaria o quanto a vida é sagrada e pode ser bela. Basta um pouco de carinho e bastaria um pouco mais de amor.
(Siegmar)




RIO + 20 ANOS DE ESPERA E A EVOLUÇÃO FEMININA

ACABOU, TERMINOU, GRAÇAS A DEUS!
DILMA TERMINOU O ENCONTRO COM A FRASE, "UM PASSO HISTÓRICO FOI DADO."
EXPLICO: É QUE NAQUELE EXATO MOMENTO ELA FICOU SABENDO QUE FERNANDO LUGO,  O BISPO FAZEDOR DE FILHOS, TINHA SIDO DERROTADO.
ASSIM, É ISSO O QUE ELA QUERIA DIZER COM "UM PASSO HISTÓRICO".
(Siegmar)

ESTÃO LEMBRADOS?

Há algum tempo atras eu fiz uma postagem sobre as palavras de certo ministro, ao dizer que o combustível não teria reajustes. Basta procurar e irão encontrar.
Mencionei o fato, de que sempre quando alguém do governo diz uma coisa, podem apostar que é mentira e que em seguida, vem chumbo grosso.
Bom, agora basta escolher o novo logo da Petrobrás e "encher o tanque."
(Siegmar)

sexta-feira, 22 de junho de 2012

DICAS PARA UM NOVO EMPREGO PARA FERNANDO LUGO, O "PAI-RAGUAI"










Mas o que me preocupa mesmo, é como ele irá agora pagar a pensão da dezena de filhos que fez enquanto bispo. Será que o Vaticano vai dar uma força? Vamos "orar" que sim.
Nem sempre o castigo vem a cavalo, as vezes demora um pouco, mas que ele vem, podem apostar.
(Siegmar)