''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




sábado, 29 de setembro de 2012

57 ANOS, 19 CÃES E UM GATO DEPOIS...

Eu mal tinha completado um dia de vida e James Dean perdia a sua.
Engraçado a vida, longa demais para alguns, breve e passageira para outros. Nasci dia 29 de setembro de 1955 e James Dean morreu dia 30 de setembro do mesmo ano, com um dia de diferença, temos a vida e a morte em comum.
Me lembro de James Dean em Vidas Amargas, nossa, como eu me identifiquei com este personagem e mais ainda com o próprio James Dean a medida que fui crescendo.
Lá se vão 57 anos. Não sei se faria tudo novamente, creio que sim, estamos sempre propensos em repetir os mesmos erros, as "mesmas cagadas", não é mesmo? De alguma forma sinto que estou pisando fundo no acelerador, talvez querendo cruzar ou entrar na estrada principal, chegar finalmente ao meu destino e libertar o James Dean que ficou preso dentro de mim.
Mas sim, muita coisa eu faria novamente, entre elas, adotar e cuidar de cães e gatos.

Levando uma vida solitária, como foi a breve vida de James Dean, acabei preenchendo a minha solidão resgatando e cuidando destas pequenas criaturas.
Foram muitos, estivessem todos vivos e tivesse eu ficado com todos os que resgatei nestes anos, não seriam 19, mas com certeza mais de 99.
E a vida continua, mas algumas coisas mudaram sim, o dia a dia, a hipocrisia, a indiferença e as mentiras, principalmente dos políticos me tornaram um completo descrente.
Ainda continuo achando o "julgamento do mensalão" uma grande farsa em andamento. Se Lula não parar no banco dos réus, tudo isto de nada adianta, pois o principal ladrão irá continuar livre, rico e solto debochando da cara de todos, até da assim chamada "justiça".
Mas hoje não quero  falar de política e de ladrões.

De alguma forma, sei que James Dean continua vivo dentro de mim, sim, ele continua vivo. Mas quero apenas seguir em frente, chegar aos 58, aos 59, aos 60 e assim por diante, até que o velho Alzheimer me encontre e eu me pergunte quem sou eu afinal de contas?  
Mas esta é uma pergunta que todos podemos fazer desde já, creio que no íntimo temos todos algo em comum, estamos com Alzheimer e não sabemos disso. Afinal, alguém pode realmente e honestamente responder a pergunta: "QUEM SOU EU?"
(Siegmar)

sexta-feira, 28 de setembro de 2012

DOCES AROMAS E LEMBRANÇAS DO PASSADO

Quando eu era pequeno, sonhava e ansioso aguardava a chegada do Natal, e ele demorava para chegar, era algo mágico, uma data única.

Sempre na primeira semana de dezembro algo diferente acontecia. Repentinamente aparecia em cima da mesa da sala, ou pendurado no teto, uma pequena coroa enfeitada com quatro velas.

Quando a primeira era acesa, sabíamos que algo diferente estava para acontecer. Algo bom, maravilhoso e nossos pais diziam e nos falavam que em breve seria celebrado o aniversário do menino Deus.
As semanas demoravam a passar e a cada domingo uma nova vela recebia sua luz se juntando com a aquela acesa na semana anterior.
E quando finalmente a última era acendida, algo mais maravilhoso ainda acontecia.
Tudo era mágico, no ar podíamos sentir o cheiro de docinhos de Nata sendo assados, cheiros que jamais podem ser esquecidos.
E repentinamente, após a última vela ter sido acesa, aparecia em nossa sala uma linda árvore, com mais velas ainda, e debaixo delas, pequenos pacotes misteriosos que um certo "Weihnachtsmann", papai noel,  teria deixado para nós, por termos sido obedientes e educados o ano inteiro.

Isso tudo era mágico, a ceia de Natal depois da missa, cantar hinos de Natal, ver nossos pais acenderem as velas da árvore, abrir os misteriosos pacotes e se alegrar com seu conteúdo, que muitas vezes continham surpresas que nem havíamos pedido, mas  com as quais secretamente a gente tinha sonhado.

E tudo isto acontecia apenas no mês de dezembro, a árvore apenas víamos na noite de Natal, entes disso, em geral não podíamos entrar na sala.

Mas os anos foram passando, ao menos em nosso lar ainda tentamos manter vivos estas lembranças e seguir  os exemplos de nossos pais. A árvore é apenas montada no dia, ou no máximo um ou dois dias antes. Mas já não há mais como trancar a sala e guardar segredos.

Quase não existem mais as pequenas coroas e suas quatro velas, e quando existem, muitos nem sabem mais seu verdadeiro significado.
Esta bela data foi banalizada. Esta bela data mágica foi transformada em lixo, em ganância de comprar e vender.
Em algumas casas, ainda em novembro as árvores de plástico são rapidamente montadas e pronto.
As árvores perderam seu brilho, suas luzes a cada ano se apagam mais, o silêncio desta noite mágica e deste dia é quebrado pelo som imundo de fogos de artifício sendo soltados de minutos em minutos. Dias antes as crianças, quase não mais "educadas e obedientes", já recebem seus presentes, não mais surpresas em pacotes mágicos, mas as coisas que elas exigiram ganhar como "recompensa" por sua ingratidão e desobediência.

O Weihnachtsmann, "papai noel", já pode ser visto três meses antes. Centenas deles, um em frente a cada loja, muitas vezes tão mal vestido, que podemos sentir o cheiro de sujeira da roupa não lavada desde o ano anterior.

Eles ficam em frente as lojas distribuindo balas de qualidade duvidosa e falsos sorrisos.

Sim, três meses antes. Banalizaram o dia de Natal, o transformaram em lixo, o venderam junto com seus produtos cada vez mais infames e supérfluos. Outras datas estão igualmente perdendo sua graça, valor e significado, melhor dizendo, a tempo já perderam tudo isto. Se transformaram apenas numa data para comprar e comprar.
Envelheço a cada dia, mas aquela criança que viveu estes momentos mágicos continua dentro do meu coração.
As lembranças e a magia nos meus pensamentos, jamais irão se perder.

Sinto o cheiro dos biscoitos sendo assados, imagino e vejo os pequenos pacotes misteriosos debaixo da árvore, me lembro dos hinos e da pequena coroa que um mês antes antecede esta data, com suas luzes sendo acesas a cada novo domingo. O aroma do verde da pequena coroa. O aroma do verde da pequena árvore e o aroma das velas sendo apagadas.
Sei que ainda existe um verdadeiro Weihnachtsmann, papai noel, mas acima de tudo, sei que esta data representa algo muito maior e mais valioso que qualquer presente embrulhado num pacote misterioso. Esta data, representa o nascimento daquele que há muito tempo deixamos morrer, aquele a quem matamos e que morreu por nós. O nascimento daquele que a cada dia matamos mais um pouco, o nascimento daquele que em breve jamais será lembrado novamente. E sei o que todos estamos perdendo com este esquecimento, mas creio que não há mais tempo para voltar ao passado, resta apenas, para aqueles que viveram esta data mágica, a guardar em pensamentos e orar pelo pequeno menino Deus, para que ao menos em nós ele continue renascendo ano após ano a cada novo dia e a cada novo Natal.
(Siegmar)

AZARES DO EMBUSTEIRO

AZARES DO LULA
Maria Lucia Victor Barbosa
27/09/2012
Durante três eleições seguidas houve árduas tentativas da parte do PT para chegar à presidência da República, mas faltava ainda o essencial, um bom marketing capaz da mágica que faz do feio o bonito, do sórdido o honrado, do mentiroso o verdadeiro. Afinal, não é com imagens construídas com perfeição que a política é feita?
Então, apareceu o mago Duda Mendonça e sua arte suprema de propaganda enganosa como o é quase toda propaganda, sobretudo, a política. Foi elaborada a Carta do Povo que apaziguou com êxito os desconfiados. Adesões e coligações inimagináveis para o PT de outrora foram consumadas. E o mais importante: foi cuidadosamente fabricada a imagem falsificada do “Lulinha de paz e amor”.
Estas técnicas e táticas levaram finalmente o PT ao cobiçado cargo na quarta tentativa. Como normalmente acontece com os revolucionários que alcançando o poder se esmeram em fazer com mais precisão o que antes criticavam, ao vencer Lula e companheiros deram alegremente adeus à ética e à ideologia de esquerda que varia conforme as circunstâncias e possui tendência acentuada para o desfrute das delícias da burguesia. Ás favas com escrúpulos e transparência.
E, assim, aconteceu entre outros fatos nada edificantes a compra de votos dos congressistas da enorme base aliada de Sua Excelência Lula da Silva. Foi o maior escândalo de corrupção nunca antes havido nesse país e alcunhado por Roberto Jefferson de “mensalão”.
Lula sempre dizendo como qualquer ladrão de galinha que não sabia de nada que se passava sob seu nariz. Quer dizer, ou ele é totalmente idiota ou se locupletava com a corrupção, exercendo seu mandonismo e seus instintos autoritários a todo vapor para alicerçar um poder cada vez maior no qual o Executivo se avantajava e o Legislativo se tornava um bando de marionetes manipulado por seus desejos.
Lula não é idiota. Por isso começam pela primeira vez a surgir várias opiniões afirmando que é ele e não José Dirceu o poderoso chefão da engrenagem de compra de votos que teve como “gerente” ou “boy de luxo”, Marcos Valério.
Esta suposição que enxovalha o mito não está ainda comprovada juridicamente. Contudo é significativo que Lula tenha feito o possível para evitar o julgamento do “mensalão”, desde implantar a CPI do Cachoeira para distrair as atenções até chantagear o ministro Gilmar Mendes para que este adiasse o processo para depois das eleições.
Dirão alguns que foram exatamente as eleições que preocuparam Lula. Ele quer ganhar todas as prefeituras que puder e, mais do que todas, a de São Paulo. Mas, seria só isso ou intuía que viria à tona a perigosa desconfiança sobre seu envolvimento no escândalo?
Impressiona também a fúria de que foram tomados seus adeptos para defendê-lo e ao seu lugar-tenente, José Dirceu. Partem para ultrajar a instância mais alta da Justiça no sentido de desqualificar o julgamento que tem tido na figura do ministro Joaquim Barbosa o exemplo de como se julga estribado na lei e na justiça.
Surge um manifesto sem pé nem cabeça de artistas e o presidente do PT, Rui Falcão, afirma que o julgamento do “mensalão” é golpe das elites sujas e da imprensa.
 Golpe em quem? Lula não é mais presidente, portanto, não pode sofrer um impeachment. Tudo está sendo julgado com base nos fatos, provas e testemunhas armazenados em enormes calhamaços de milhares de páginas. Oito ministros foram nomeados por Lula e Rousseff e é notório que o ministro Lewandowski procura retardar ao máximo o julgamento, enquanto o ministro Toffoli que deveria ter se considerado impedido de participar dadas suas ligações com José Dirceu permanece para votar. Mais ainda, o julgamento ainda levará bom tempo e, apesar da maioria dos ministros estarem seguindo o voto técnico do ministro Barbosa não se sabe o que vai acontecer. Por que, então, o desespero dos defensores de Lula?
Golpe é dos que afrontam o Judiciário. Parecem querer igualar esse Poder independente ao servil Legislativo. Até a presidente Rousseff, de forma prepotente e imprópria, mandou recado para o ministro Joaquim Barbosa por ter este citado uma sua afirmação quando era ministra de Minas e Energia. Ela deve pensar que ele faz parte de seu ministério onde manda e desmanda.
Note-se que quando o PT ajudou a derrubar o presidente Collor, tendo sido o então deputado Lula que propôs o impeachment, ninguém falou em golpe. Muito tempo depois Collor foi inocentado pelo STF.
Em todo caso, muitos têm sido os azares do Lula que sem cargo já não dispõe da imensa sorte que sempre o acompanhou. A doença lhe tira vigor nos palanques. As campanhas não estão favorecendo os candidatos do PT. O pouco comparecimento aos comícios em que ele aparece indica que a estrela do PT está decadente.
O julgamento do “mensalão” e as urnas confirmarão se isso é verdade ou se novos tempos estão por vir. Como se diz, “a esperança é a última que morre”.
Maria Lucia Victor Barbosa é socióloga
Hoje mesmo mais um mensaleiro foi condenado. E o embusteiro não sabia de nada?

quinta-feira, 27 de setembro de 2012

FELIZ ANIVERSÁRIO AMIGA QUERIDA

Deus coloca em nosso caminho algumas pessoas muito especiais.
São poucas, mas você é uma delas, por teus atos, tua bondade, tua vida e teu carinho pelos nossos pequenos amigos.

Pudesse eu te daria a vida eterna, mas esta, tenho certeza que um dia Deus te dará.

Ainda temos uma caminhada pela frente, apesar dos nossos "pulmões" não serem mais os mesmos, nosso coração jamais irá mudar. Espero que as pedras em nosso caminho se transformem em grãos de areia, espero que a trilha que juntos seguimos, nos leve até uma pequena ponte onde existe um certo arco iris, e onde um dia reencontraremos todos os amigos que encontramos nesta caminhada chamada vida.

Teresa, saúde e paz, é o que mais eu te desejo, vida longa e saudável, mesmo sabendo o que você ainda irá enfrentar por estes próximos meses. Força querida amiga, juntos em pensamento e nos pequenos minutos de cada dia, chegaremos lá.
Um abraço e com carinho, tenha o mais Feliz dos aniversários.
(Siegmar)

terça-feira, 25 de setembro de 2012

O TEMPO QUE ME RESTA

Seguir caminhando é tudo que me resta. Este seguir vem acompanhado de um amor que não se pode comprar.
O amor de pequenos olhos que parecem não entender o que se passa, mas eles entendem, esperam silenciosos e te acompanham.

Penso na história da Ponte do Arco Iris, diz uma lenda que é para lá que nossos amigos animais vão depois que morrem e lá, esperam pela nossa chegada, nosso reencontro e depois, juntos atravessaremos esta ponte.
Acredito que seja assim, afinal, a casa de nosso Deus e Pai tem muitas moradas, a Ponte do Arco Iris deve ser um lugar que nos conduz a uma delas.
Eu já tenho alguns amigos esperando por mim naquele   jardim. Chikita, Kika, Pitchulinha, Gracioso e tantos outros.
Sim, o tempo que me resta quero gastar ao lado dos meus pequenos amigos.
Não sei qual será seus destinos depois do meu tempo,só sei que irei correndo para a Ponte do Arco Iris e lá esperarei por todos os outros.

Quantos dias desperdiçamos com o nada, com o vazio de nossas almas que queremos preencher com o consumismo que nos torna indiferente à vida que nos cerca, às belezas que nos cercam, nos torna indiferentes com o que realmente importa.
Escravos do relógio apenas pensamos no trabalhar, ganhar, consumir e produzir. Mas o que produzimos? Produzimos cada vez mais o vazio a ser preenchido, sem enxergar que este vazio jamais poderá ser  preenchido.

Em minha caminhada descobri valores que pensei que não existiam. O tempo que me resta quero completar com estes valores, para seguir completo até a pequena ponte do arco iris e a atravessar junto com meus pequenos amigos até a nova morada, que estou certo, absolutamente certo que existe e é mil vezes mais bela do que esta morada que a cada dia destroem mais e mais.
Mas a nova morada jamais poderá ser destruída novamente, pois esta morada está dentro de nossa mente e dentro do nosso coração.
(Siegmar)

sábado, 22 de setembro de 2012

APENAS UMA ÁRVORE

 
Propositalmente deixei a data passar em branco. Ontem, dia 21 de setembro, comemoramos o dia da Árvore.

Como se houvesse algo para comemorar, como se elas ainda fossem respeitadas e amadas.

Poucos ainda lhe dão importância, poucos ainda procuram sua sombra, seu frescor e seus frutos.

Somente quando a última delas vier ao chão, realmente ela será lembrada.
Dia da Árvore, a árvore queimada, afogada e pisoteada. A árvore derrubada e cortada muitas vezes pela simples razão de suas folhas ao caírem sujarem o quintal ou a calçada.

Dia da Árvore? Qual árvore?
Elas ainda existem? Mãe, pai, o que é mesmo uma árvore? Como ela se parece?
Exagero? Não, futuro próximo e verdadeiro, mas quem se importa?
Sim, mas um dia iremos celebrar de verdade o teu dia, a tua memória, o que você foi e significava.

Lembraremos que pássaros se abrigavam em teus galhos e nele construiam seus ninhos.

Lembraremos e lágrimas cairão na mesma proporção das árvores que a cada dia mais desaparecem.

Chegará o dia em que nossas lágrimas serão tantas que talvez elas façam brotar novamente alguma semente perdida ou quem sabe alguma lembrança escondida e esquecida.
(Siegmar)

FALTA DE VERGONHA NA CARA

Se eu fosse candidato de qualquer partido para algum cargo nesta eleição, eu teria vergonha na cara em aceitar ou pedir apoio de petista salafrário e bandido. 

Principalmente apoio do decadente Lula que pensa ser deus. O chefão da quadrilha que diz não saber de nada anda apoiando uma porção de vermes candidatos por este Brasil afora.

Quem ainda acredita neste excremento, fora Dilma e os petistas? Quem ainda não percebeu que este verme tenta a todo custo se manter no poder e sob a luz dos holofotes que a cada dia mais se apagam?
Sua corja de bajuladores deveria ter vergonha na cara e ao menos disfarçar e mudar de partido, mas creio que nem isto iria resolver ou mudar a realidade de sua indole suja e imoral.
Coitado deste sujeito ai ao lado, cercado de mensaleiros e botox por todos os lados.
Lula deve pensar que esta abafando, não percebe o quanto envergonha e faz parecer ridiculo seu "pupilo" que tenta eleger como prefeito de São Paulo.

Imagem se paulista é burro. Depois de perceber a imundice que se esconde atras da máscara de Lula, acordaram. O Brasil esta começando a acordar e o mundo começando a enxergar a verdade.
Se os chefões petistas são  os vermes indecentes e salafrários da pior espécie que mostraram ser.  Lula o maior salafrário e mentiroso que "nunca sabe de nada", a afilhada Dilma um neurônio solitário e ignorante, o que se pode esperar de quem ainda diz ser "petista" ou de quem pede e aceita apoio destes cafajestes?

Se eu fosse petista, eu teria vergonha na cara em dizer que sou "petista", realmente eu teria muita vergonha na cara.
(Siegmar)

A VERDADE GLORIOSA E DESLUMBRANTE

Sempre digo que imagens valem mais do que mil palavras, na real, imagens não mentem, captam o momento e as verdades e as preserva para sempre.

Velhos "cumpanheiros" do MENSALÃO que o digam. Quanto mais Lula afirma que "não sabia de nada" e que o MENSALÃO "nunca existiu", mais a verdade aparece em pequenos retratos do doce "cumpanheirismo".

Genoino das "cuecas", um dia recebeu até a medalha da Vitória. Terá sido pelos crimes que cometeu? Ou MENSALÃO não foi crime? Dólares em cuecas, não se pode negar que realmente era dinheiro "sujo".

E o velho amigo, marqueteiro e "cumpanheiro" Duda? 195,2 milhões, recompensa pelos "anos" de esforço e dedicação ao PT. É, no Brasil de Lula e Dilma Rousseff, o crime realmente compensa. As mentiras tudo encobrem, a impunidade foi quase garantida, eu disse, quase. Aos poucos a verdade vai surgindo e a justiça começa a retirar sua venda. Os condenados começam a revelar o que todos já sabiam, mas apenas faltava confirmar. A lama e a imundice do maior golpe e roubo deste país, ou do "nunca antes neste país", começa a rolar e feder.
A verdade das palavras de Marcos Valério, fica evidente na cara de Lula da Silva, pai da imundice e da corrupção e dos corruptos. A cara de bandido é explícita, não deixa mentir. Os "EU NÃO SEI DE NADA" já não enganam mais ninguém, talvez apenas ainda alguns "cumpanheiros" desesperados, que sabem que quando o salafrário cair, cairão juntos na mesma merda e lama.
Mentiras sempre tem pernas curtas, e a verdade sempre aparece se espera, lá está ela, gloriosa e deslumbrante. Aparece timida em pequenos retratos do passado, onde velhos amigos MENSALEIROS, julgavam estar sorrindo para a impunidade, prometida pelo mais cafajeste e salafrário presidente "nunca antes visto neste país."
Basta pesquisar um pouco os nomes da "figuras acima" e podemos ter um quadro bem completo do quanto Lula "não sabia de nada", hehehe.... Destes salafrários, dois os Juizes do Supremo já condenaram, faltam os demais que aguardam a sua vez na fila. Será que o sorriso de "impunidade" irá continuar?
(Siegmar)  
 

EMBUSTEIROS, SALAFRÁRIOS E MENTIROSOS

Dilma tem o tamanho da própria e notória insignificância. Ser a primeira mulher a ocupar a presidência só envergonha minha filha e minhas amadas. E a mim.
Dilma e Lula são faces da mesma moeda. A de um país que perdeu os conceitos básicos de cidadania e democracia. Onde o anormal adquiriu contornos de normalidade. Onde se inventou o bipresidencialismo, refundando um caudilhismo que julgávamos sepultado.

Acima uma pequena parte do texto de Reynaldo Rocha. Vale ler o texto completo que pode ser encontrado na coluna Feira Livre (Veja).

Link -  http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/secao/feira-livre/



 
O suicídio de Vargas, reiterei há um ano, foi um ato de coragem protagonizado pelo político que errou muito e cometeu pecados graves, mas nunca transigiu com roubalheiras, nunca barganhou nem se acumpliciou com ladrões. Lula fez da corrupção endêmica um estilo de governo e um instrumento de poder. O tiro disparado na manhã de 24 de agosto de 1954 atingiu o coração de um homem honrado. Um saiu da vida para entrar na história. Outro ficará na história como quem caiu na vida. 

Leia na integra no link -
http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/

Creio que um dia a própria história irá se encarregar de apagar a lembrança destes dois governos de embusterios, salafrários e mentirosos.
Melhor dizendo, deste governo, pois Dilma e Lula é um só. Sem Lula,  Dilma não existe e nem governa e sem Dilma, Lula já teria caído no esquecimento. Este é realmente o "bipresidencialismo" de embusterios, salafrários e mentirosos. Dilma é realmente apenas uma grotesca falsificação de um original fajuto e sem qualidade.
(Siegmar)


quarta-feira, 19 de setembro de 2012

INTOLERÂNCIA, ÓDIO E PROVOCAÇÃO

Leio hoje sobre novas provocações para com o povo muçulmano, leio sobre a publicação de deboches ao profeta Maomé numa revista francesa. Leio sobre o ódio crescente entre chineses e japoneses na disputa por alguma ilhotas sem valor. Tudo provocação, apenas pura provocação.
No nosso pequeno mundo, que tanto precisa de amor e solidariedade, vence o ódio e as provocações.


Cada dia mais cresce o ódio a intolerância e a provocação. Qual o sentido? Por qual razão pessoas ofendem pessoas através de ataques a sua fé?
Amar, perdoar, compreender se tornaram palavras esquecidas, vazias e sem significado. Deus se tornou uma disputa e uma desculpa para odiar e ofender.  Estou cansado deste mundo, cansado de ver a intolerância e ódio crescer no coração de todos.
As provocações não tem sentido algum, o ódio não tem sentido algum. Este poderia ser um mundo maravilhoso, mas não é. Creio que mais do que nunca é hora do nosso bom Deus intervir.
Olho para o oriente e o ocidente, nada mais vejo além de disputas e provocações, ameaças, e indiferença. A sabedoria deixou de existir. Diplomacia é ainda somente uma palavra, ninguém mais quer ceder, ninguém é capaz de perdoar, de compreender e amar seu próximo, que nada mais é do que apenas seu próprio irmão.
Clamo a Deus que interceda, que venha e faça a Sua justiça, que nos reconduza a um novo recomeço, ao entendimento e a esperança.
Clamo a Deus por todos os que não mais conseguem ter fé nem acreditar na justiça e na verdade. Clamo a Deus por misericórdia com aqueles que destroem a justiça e a verdade, os sonhos e as esperanças.
Meus dias nesta terra se encurtam, meu tempo se aproxima do fim e do novo reinício, clamo a Deus que me faça merecedor deste reinício.

Santifico o nome do nosso Deus, o mesmo Deus de todos, clamo que venha em breve o  seu reino, que ele seja aqui, como é no infinito. Clamo que Deus nos conceda o pão nosso de cada dia, e que seja em sabedoria, perdão e entendimento. Clamo a Deus que nos faça perdoar e sermos perdoados e que nos afaste da intolerância, do ódio e das provocações. Pois é somente de Deus o Reino, o Poder e a Glória para todo o sempre.
( Amém )

(Siegmar)

terça-feira, 18 de setembro de 2012

MITT ROMNEY

Não achei nada demais nas palavras de Mitt Romney sobre a parte da população que quer apenas viver às custas do governo.

Disse apenas a verdade, exemplo maior é o do próprio povo brasileiro, onde milhões não querem nem desejam correr atrás de seus sonhos, mas sim viver às custas do governo, que cada vez mais lhes fornece bolsas esmola.

Creio que os americanos deveriam se lembrar, que certa vez, o talvez mais querido presidente americano que a América já teve, disse a mesma coisa, apenas em outras palavras.
Será que se esqueceram das palavras de John F Kennedy?

"NÃO PERGUNTEM O QUE SEU PAÍS PODE FAZER POR VOCÊS, MAS O QUE VOCÊS PODEM FAZER POR SEU PAÍS."(John F Kennedy)

O que torna qualquer nação grandiosa, não são seus governantes, mas sim o próprio povo. E um povo que trabalha com dignidade, sonha e corre atras de seus sonhos e os realiza por conta própria engrandece não apenas a nação, mas a si mesmo.

Quanto sua opinião sobre palestinos e israelenses, qual o problema?
Ambos não querem a paz, nunca quiseram. Desde que o mundo existe estes idiotas se matam entre si.
Tenho quase 60 anos e nunca vi um dia de paz entre estes dois povos.
Realmente eles não querem a paz. Seu prazer é viver se explodindo e ameaçando um ao outro e será assim até o último dos dias.
Podem dar Israel aos Palestinos e eles não estarão satisfeitos. Se eu fosse americano, meu voto seria de Romney, agora mais do que nunca.
(Siegmar)

VIDA DE CÃO

Belas e interessantes imagens que recebi por E-mail e faço questão de postar para dividir estes pensamentos com todos os amigos deste blog.









LULA E SEUS 40 LADRÕES

O procurador-geral da República, Roberto Gurgel, disse nesta segunda-feira que são “importantes” as revelações feitas pelo publicitário mineiro Marcos Valério Fernandes de Souza sobre o envolvimento do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no mensalão e de como o petista sabia de cada detalhe do esquema de arrecadação de recursos e de corrupção de parlamentares no Congresso. Conforme revelou VEJA, Valério começou a detalhar nuances do pacto que fez com políticos para tentar garantir penas mais leves no esquema do mensalão.

Para o chefe do Ministério Público, como o ex-presidente Lula não detém mais foro privilegiado, uma eventual investigação deveria ser conduzida em primeira instância. Na hipótese de abertura de um processo a partir das revelações de Valério, Gurgel disse que, em tese, seria possível que o publicitário pudesse costurar um acordo de delação premiada.
“Delação premiada em novo processo é, digamos, possível. Nesse processo do mensalão não mais”, afirmou o procurador-geral.
(Fonte - Revista Veja)
Deveriam era investigar a corja toda. A imundice começou quando a afilhada era chefa da Casa Civil e logo depois deixou a amiguinha Erê 6% em seu lugar, lembram? A "presidanta", que vive defendendo seus "cumpanheiros", especialmente José Dirceu, tem o rabo mais do que preso com todos estes salafrários.

É petista? É bandido e ladrão, não tem escapatória. Lula provou que não existe gente decente neste sujo e porco partido. Quem defende bandido, bandido é!

Lugar de ladrão e bandido é na cadeia, basta de vermes governando nosso país.
Mas melhor do que cadeia seria deixar estes miseráveis pobres e mandar todos para Cuba, Fidel de (merda) Castro iria adorar ter estes puxa sacos ao seu redor.


A banana do salafrário é para o povo brasileiro, ou seja, os idiotas e imbecis que um dia votaram no cafajeste pensando que se tratava de um homem decente e honesto e não o excremento que mostrou ser.
(Siegmar)

segunda-feira, 17 de setembro de 2012

CÁPITAN


Esta é para quem duvida da fidelidade e do amor canino. Cápitan é um cachorro vira-lata que mora na cidade de Córdoba, na Argentina. Desde que seu dono Miguel morreu, em 2006, não houve uma noite sequer que o animal não tenha estado no cemitério para dormir junto à tumba de seu amado proprietário.
Sim, Cápitan tem casa. Ele foi um presente que Miguel deu a seu filho Dámian em 2005. Só que, desde a morte, o cão preferiu fazer companhia ao dono. E descobriu, inclusive, o caminho sozinho. “O cachorro sumiu. Achávamos que estava morto”, diz a viúva Verónica ao jornal local La Voz. “Até que um dia, quando fui com meu filho ao cemitério, o encontramos lá.”
“O cachorro apareceu um dia no cemitério e começou a dar voltas por todos os lados até que encontrou a tumba de seu dono”, conta o diretor Héctor Baccega à EFE. Cápitan até chega a ir para casa, mas volta sempre às 18h, pontualmente, para não deixar seu dono sozinho à noite.
Foto: La Voz/Reprodução

domingo, 16 de setembro de 2012

FUTURO LANÇAMENTO DO "SINISTÉRIO DA CURTURA"


Muito em breve será lançado pelo sinistério da Curtura, agora sob a nova direção da Sinistra “Marta Suplicio de uma saudade de um ministério”, o livro O HOMEM DE NOVE DEDOS QUE PENSAVA SER DEUS. Peço perdão pelo "Curtura", mas em se falando de Lula, CULTURA mesmo não existe, assim, relaxa e goza!

Um livro autobiográfico contando a história do maior salafrário já visto neste país e que, apesar de nunca “ter sabido de nada”, pensava ser o próprio deus.  Ele não apenas criou o “nunca antes neste país”, como criou igualmente a impunidade e pasmem, o MENSALÃO, que ele mesmo afirma, nunca ter existido.  Descobriremos que realmente o MENSALÃO nunca existiu, o que existiu e equivocadamente foi chamado de MENSALÃO  foi o maior roubo dos cofres públicos na história deste nosso país.
Nunca deveriam ter chamado de MENSALÃO, mas sim de, O MAIOR ROUBO NUNCA ANTES VISTO NESTE PAÍS.  Estou me repetindo? É apenas para fixar bem a verdade.

Num país governado por ladrões petistas, apenas um nove dedos poderia pensar e se julgar acima e além de Deus.  Fora o MENSALÃO, criou a mentira e o fome zero dos “cumpanheiros”. Dizem os petistas, que Lula é a cara do Brasileiro, mero engano, se assim fosse, todos teriam cara de ladrões e de salafrários. Lula é sim, a cara de todos os petistas, todos os que defendem este verme e seus seguidores.  Lula é a cara da pouca ou nehuma vergonha na cara, e o brasileiro tem sim, vergonha na cara, ao menos eu tenho.

Me envergonho de ver milhares ainda aplaudindo e defendendo estes bandidos. Me envergonho de ver algumas nações darem títulos honrados a um bandido da pior espécie.  Me envergonho de ouvir uma substituta da mesma laia não dizer coisa com coisa. Me envergonho das mentiras que fazem meu povo parecer idiota.

Mas jamais vou me envergonhar de ser honesto, de trabalhar com dignidade e de dizer a verdade, que apenas quem ainda é decente pode perceber e enxerga.

Espero e começo a ter esperanças de ainda ver justiça em meu país.

Talvez, agora, no momento no qual as verdades se tornam mais evidentes e são expostas em sua forma verdadeira, até alguns mortos podem começar a descansar em paz. Assim, pensando na sujeira e imundice da qual Celso Daniel escapou, é justo dizer: Descanse em paz Celso Daniel!

(Siegmar)

sábado, 15 de setembro de 2012

MAIS UM ANO SEM PODER TE ABRAÇAR

Hoje você faria 88 anos.

A saudade é grande, sinto não poder te abraçar e juntos assistir um bom filme e ouvir tuas risadas, ou olhar fazendo de conta que não percebo as tuas lágrimas.
Estes dezesseis anos que nos separam parecem apenas um dia, pois a cada dia sinto a tua presença.

Como seria bom poder estar contigo. Gostaria que você pudesse estar aqui, ou interceder para trazer paz a este nosso cada vez mais agitado e injusto mundo.

Mas sei que você não pode, sei que você apenas descansa em paz, uma paz merecida e que só será interrompida no momento em que novamente nos reencontrarmos.

Sim, acredito que um dia novamente estaremos juntos e ficaremos juntos para sempre.

Que Deus te abençoe e guarde querido pai, Que Ele guarde teu sono e te de a paz como recompensa pelos teus atos e bons momentos que juntos vivemos.

Fica a saudade, fica o amor e o carinho que você deixou, estes guardarei sempre comigo e os trocaremos no nosso reencontro.

                                            FELIZ ANIVERSÁRIO PAI QUERIDO!
( Siegmar )