''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




domingo, 16 de setembro de 2012

FUTURO LANÇAMENTO DO "SINISTÉRIO DA CURTURA"


Muito em breve será lançado pelo sinistério da Curtura, agora sob a nova direção da Sinistra “Marta Suplicio de uma saudade de um ministério”, o livro O HOMEM DE NOVE DEDOS QUE PENSAVA SER DEUS. Peço perdão pelo "Curtura", mas em se falando de Lula, CULTURA mesmo não existe, assim, relaxa e goza!

Um livro autobiográfico contando a história do maior salafrário já visto neste país e que, apesar de nunca “ter sabido de nada”, pensava ser o próprio deus.  Ele não apenas criou o “nunca antes neste país”, como criou igualmente a impunidade e pasmem, o MENSALÃO, que ele mesmo afirma, nunca ter existido.  Descobriremos que realmente o MENSALÃO nunca existiu, o que existiu e equivocadamente foi chamado de MENSALÃO  foi o maior roubo dos cofres públicos na história deste nosso país.
Nunca deveriam ter chamado de MENSALÃO, mas sim de, O MAIOR ROUBO NUNCA ANTES VISTO NESTE PAÍS.  Estou me repetindo? É apenas para fixar bem a verdade.

Num país governado por ladrões petistas, apenas um nove dedos poderia pensar e se julgar acima e além de Deus.  Fora o MENSALÃO, criou a mentira e o fome zero dos “cumpanheiros”. Dizem os petistas, que Lula é a cara do Brasileiro, mero engano, se assim fosse, todos teriam cara de ladrões e de salafrários. Lula é sim, a cara de todos os petistas, todos os que defendem este verme e seus seguidores.  Lula é a cara da pouca ou nehuma vergonha na cara, e o brasileiro tem sim, vergonha na cara, ao menos eu tenho.

Me envergonho de ver milhares ainda aplaudindo e defendendo estes bandidos. Me envergonho de ver algumas nações darem títulos honrados a um bandido da pior espécie.  Me envergonho de ouvir uma substituta da mesma laia não dizer coisa com coisa. Me envergonho das mentiras que fazem meu povo parecer idiota.

Mas jamais vou me envergonhar de ser honesto, de trabalhar com dignidade e de dizer a verdade, que apenas quem ainda é decente pode perceber e enxerga.

Espero e começo a ter esperanças de ainda ver justiça em meu país.

Talvez, agora, no momento no qual as verdades se tornam mais evidentes e são expostas em sua forma verdadeira, até alguns mortos podem começar a descansar em paz. Assim, pensando na sujeira e imundice da qual Celso Daniel escapou, é justo dizer: Descanse em paz Celso Daniel!

(Siegmar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário