''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




segunda-feira, 11 de junho de 2012

O DEUS LULA E O LULA "NAPOLEÃO BOM-NA PARTE DE FALCATRUAS"


A arrogância do chefe da seita e a docilidade do rebanho reafirmam que a mais notável diferença entre um Napoleão de hospício e um líder político portador da síndrome de Deus está na reação das testemunhas confrontadas com surtos de grosso calibre: enquanto os enfermeiros providenciam a camisa-de-força e um sossega-leão, os devotos batem palmas e berram amém. A história informa que foi sempre assim. Assim tem sido com Lula e seus seguidores.

Depois da vitória de Dilma Rousseff em 2010, o maior dos governantes desde Tomé de Souza botou na cabeça que é mesmo onipresente, onisciente e onipotente. Quem transforma um neurônio solitário em presidente do Brasil pode fazer o que quiser, deduziu o mestre e concordaram os discípulos. Poderia, por exemplo, tornar-se o primeiro secretário-geral da ONU que não sabe falar sequer a língua do país onde nasceu. Ou ganhar o Prêmio Nobel da Paz com o apoio militante dos aiatolás atômicos e dos genocidas africanos.

http://veja.abril.com.br/blog/augusto-nunes/
Vale ler o artigo do grande Augusto Nunes na íntegra.
Sempre é bom abrir os olhos e mentes dos adormecidos ou idiotas que realmente acreditam que Lula, Napoleão e Deus são a mesma pessoa.
A hipocrisia de Lula não tem limites. Se "faz" de idiota a cada instante, querendo fazer transparecer que é inocente e não sabe que está quebrando leis e debochando do povo e da justiça.
Pai da total impunidade para bandidos, Lula realmente merece títulos de "honoris causas". Como diz Augusto Nunes em seu artigo, transformar um neurônio solitário em presidente do Brasil, não é tarefa para qualquer um. Muito menos chantagear ministros e defender chefes de quadrilha como José Dirceu.
A Europa e o mundo podem estar diante de uma crise, mas nós, brasileiros, com estes governantes, estamos mesmo é na maior merda e imundice que este país e o mundo já viram.
(Siegmar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário