''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




quinta-feira, 2 de janeiro de 2014

A FÁBULA DO POVÃO QUE ADORAVA NOVELAS / escrita por Siegmar

Num certo e conhecido país
vivia um povo muito feliz
Pouco tinham nas panelas,
mas todos adoravam assistir novelas

Todas as noites mal podiam esperar
O próximo capitulo começar

De dia os que iam trabalhar,
Passavam o dia o capitulo anterior a comentar.

As mulheres em casa comentavam com as vizinhas
E telefonavam até para as comadres e madrinhas

Assistiam novela após novela sempre sonhando
E o tempo ia passando.

Nem mais se davam conta que era sempre tudo igual
A história sempre a mesma, só mudava o visual,
E até o final sempre era igual e banal.

Até os artistas eram os mesmos, mas quem na anterior era malvado
Na  nova agora, da mocinha virou namorado.

Sempre tinha a mocinha, o mocinho, a malvada e o vilão.
Mas divertia mesmo, ter sempre aquele alegre  brincalhão espertalhão.

Começava sempre com o mocinho e a mocinha
Um era pobre e a outra sempre riquinha.
Ou o contrário, dependia do horário.

Então vinha a malvada e a todos separava
E o vilão, os golpes preparava.
Matava, roubava e a todos sacaneava.

Mocinho se separava  da mocinha e a coisa esquentava
Tanto mocinho como mocinha, com todos os outros trepava.

O brincalhão fazia piada e o vilão matava e roubava
E o povo aplaudia e nem se tocava.

Ah, tinha sempre até a bichinha,
sempre tão engraçadinha.

No final, a justiça finalmente
Alguém fica doente,
Vilão é preso ou morre assassinado
E todos querem saber por quem foi matado.

A malvada sempre fica maluca ou vira boazinha
E todos acabam amando a tiazinha. coitadinha.

Sim, no final a felicidade finalmente
Mocinho volta a trepar com mocinha para sempre.

Sempre tudo exatamente igual, previsível e vazio,
Mas para este povo otário, nem assim a ficha caiu.

E enquanto assistiam suas novelas nem percebiam
Que  num conto de vigário todos caiam.

O esperto governo sabendo disso e ainda mais
Roubava a todos pela frente e por trás.
FIM

MORAL DA HISTÓRIA?
É ATÉ HILÁRIO SEU OTÁRIO.
ENQUANTO VOCÊ ASSISTE A NOVELA
O GOVERNO ESVAZIA AINDA MAIS A TUA PANELA.
E ENQUANTO VOCÊ DISCUTE ELA NOITE E  DIA
O GOVERNO MAIS E MAIS TEU DINHEIRO DESVIA.

ENTENDERAM AGORA SEUS OTÁRIOS?
(Siegmar)


Nenhum comentário:

Postar um comentário