''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




domingo, 25 de abril de 2010

O PAPAI DE LUCRÉCIA BORGIA

UM POUCO DE CONHECIMENTOS GERAIS
NUNCA FEZ MAL A NINGUÉM, ESPECIALMENTE
NUMA ÉPOCA ONDE HIPOCRISIAS NOS CERCAM
DE TODOS OS LADOS E OS MAIS ''INGENUOS''
SÃO OBRIGADOS A ACREDITAR NA SANTIDADE
DAQUELES QUE REALMENTE DEVERIAM HONRAR
A DEUS SOBRE TODOS AS COISAS.

Nome de nascimento: Rodrigo de Borgia

O papado de Alexandre VI começou tranqüilo, mas não tardou para que se manifestasse sua ganância em sacrificar todos os interesses em favor da família. Nomeou Cardeais o seu filho de dezesseis anos, César Bórgia, os seus sobrinhos Francisco Borgia (cardeal) e Juan Lanzol de Bórgia de Romaní,, o maior, um primo deste último Juan Castellar y de Borgia(it. Giovanni), os seus sobrinhos-neto Juan Lanzol de Bórgia de Romaní, o menor, Pedro Luís de Borgia Lanzol de Romaní e Francisco Lloris y de Borgia e o cunhado do seu filho César, Amanieu d'Albret. César seria posteriormente retratado por Maquiavel em sua obra O príncipe como o ideal do político e governante pragmático.

Em 1494 sofreu tentativa de deposição (por causa de simonia e corrupção) da parte de prelados à frente dos quais aparecia o cardeal Della Rovere, futuro Papa Júlio II. Resistiu, mas continuou a praticar atos imorais, apesar da condenação que lhe dirigiam (entre outros, o padre Girolamo Savonarola).

Seu pontificado é um paradigma de corrupção papal ocasionada pela invasão secular dentro da Igreja, mais tarde foi tido como desculpa para a separação dos protestantes. Alexandre VI foi, sem dúvida, um papa corrupto, pouco dado às virtudes cristãs. Teve pelo menos sete filhos, entre os quais César e Lucrécia Bórgia. Lucrécia Bórgia, filha do Papa, com uma beleza exuberante dançava alegremente para os cardeais, foi acusada de ser "filha, esposa e nora" de seu pai pelo satírico Filofila, embora sem comprovações. Durante seu pontificado, foram decretadas as Bulas Alexandrinas, tratados responsáveis pela divisão das possessões portuguesas e espanholas no mundo. Dentre eles, vale destacar as bulas Inter Coetera, Eximiae Devotionis e Dudum Siquidem. As negociações ibéricas iriam desembocar no famoso Tratado de Tordesilhas que confirmaria a divisão do mundo entre Portugal e Espanha e seria contestado por outros monarcas, dos quais o mais famoso foi Francisco I de Angoulême, rei da França.

Morreu subitamente, suspeitando-se que tenha sido envenenado por arsênico, adicionado à sua comida em um banquete – o que provocou o enegrecimento do cadáver e o inchaço do mesmo, já dentro do caixão, levando a que alguns assistentes tenham inserido o corpo num caixão maior. Seu funeral foi breve e sem grandes comemorações, tendo sido sepultado com a seguinte epígrafe em seu túmulo em Espanha: "Aqui Jaz Alexandre VI, que foi papa". O seu túmulo encontra-se na igreja de Santa Maria in Monserrato.


LUCRECIA BORGIA, FILHA DO PAPA EM QUESTÃO
MORREU JOVEM E CERCADA DE BOATOS QUE NUNCA
FORAM COMPROVADOS.
SE REALMENTE ERA UMA ''SERIAL KILLER'' DA ÉPOCA,
LASCIVA E ETC..., NÃO VEM AO CASO. O FATO CURIOSO
E VERDADEIRO NO ENTANTO, É TER SIDO FILHA DE UM PAPA QUE
AINDA É CONSIDERADO ''MEIO SANTO'' COMO TODOS OS
OUTROS SÃO CONSIDERADOS ATÉ HOJE.
OS BOATOS DE TER TIDO UM FILHO DO PRÓPRIO PAI
TAMBÉM NUNCA FOI PROVADO, MAS NO MUNDO
EMPORCALHADO DOS HERDEIROS DE ''PEDRO TU ÉS
MINHA IGREJA'', TUDO É PLAUSÍVEL.
SÓ NÃO SEI SE ISSO SERIA CHAMADO DE INCESTO
OU DE PEDOFILIA?

Nenhum comentário:

Postar um comentário