''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

CAMINHANDO E CIRCULANDO POR CURITIBA


Uma imagem de um trecho da Via Veneto em Santa Felicidade.
Meu pedaço preferido desta bela via.
Ladeada de árvores, por instantes parece nos transportar para outro lugar.
São tantos os caminhos de Curitiba.
Conheço muitos, mas vivo descobrindo novas passagens e lugares.
A bela Curitiba cresce a cada dia, mas  caminhando pelos bairros ainda nos deparamos com a velha cidade.


 A igreja de Santa Candida.
Imponente e simples pode ser vista de longe.
Bairro antigo, distante do centro, mas um lugar tranquilo e com muito verde.
Um pequeno caminho quase ao lado da igreja nos leva para a vida no campo. Como pode ser visto nas imagens abaixo.
Na primeira, entre as árvores, se olhamos atentamente, podemos ver a igreja sob outro angulo.
Passa quase despercebida, mas sua graça esta lá e encanta a paisagem.


Parece uma zona rural, mas não é, esta paisagem faz parte do coração de Santa Candida.
Caminho que leva a Colombo, outra pequena cidade da região metropolitana da cidade.
Santa Candida realmente encanta, qualquer dia farei uma postagem apenas com imagens da região. Imagens da área rural do lugar. Muitos pequenos sítios embelezam o lugar.



O terminal de ônibus do bairro.
Ao lado da longa Avenida Paraná, quase aos pés da igreja.
Do local podemos ver a cidade ao longe, mas ainda escondendo os prédios do centro da cidade.



Aqui já estamos no Barreirinha, outro pequeno e antigo bairro de Curitiba.
Região de poloneses.
Várias vezes cruzamos a linha da estrada de ferro que leva a Rio Branco do Sul.



Uma antiga casa polonesa do lugar.
quase toma conta da calçada.
Nos transporta mais uma vez na imaginação ao século passado.
Imagino como deveria ser tranquilo, a velha rua Anita Garibaldi deveria ser tranquila, estreita e cheia de carroças indo e vindo.
Outros tempos, tempos difíceis, mas mágicos e tranquilos.



A famosa Ópera de Arame.
Lugar de tantos shows e atividades.
realmente um cartão postal  da cidade.
Situada no São Lourenço, bem ao lado da Pedreira Paulo Leminski que podemos ver nas imagens logo abaixo.



A bela Pedreira Paulo Leminski.
Lugar de shows e agitos, temporariamente fechada devido a reclamações da vizinhança.
Muito barulho por nada?
Não sei não, mas creio que se morasse perto do lugar, iria preferir que fosse apenas mais um parque e local para passear.
A acústica do local se espalha e realmente os shows de rock que entram madrugada a dentro incomodam a paz do lugar.



Uma pequena igreja próxima ao Parque Tanguá.
Bairro Pilarzinho.
Mais um dos tantos caminhos de Curitiba.
Lugar cheio de casas curiosas, como a casinha da imagem abaixo.  Parques, ruas tranquilas e silenciosas completam o lugar.

O Parque Tanguá é sem dúvida o mais belo parque da cidade.
Construído numa antiga pedreira, encanta com sua paisagem e recantos, como o velho túnel ou a cascata artificial construída no local.

Inaugurado em 1996, o Parque Tanguá surpreende pela sua beleza. Envolve uma área de 235 mil m², lugar de um antigo complexo de pedreiras desativadas.
O Parque Tanguá preserva áreas verdes próximas à nascente do Rio Barigüi. Possui dois lagos e um túnel artificial que pode ser visitado de barco ou à pé.

E neste belo lugar termino o passeio.
O sol já começa a desaparecer no horizonte. Hora de voltar para casa e alimentar as bocas famintas que me esperam.
No lusco fusco do dia tiro ainda mais uma foto.
O parque está silencioso, sou uma das últimas pessoas no lugar.
As luzes começam a ser acesas, final de mais um dia.
Início de mais uma bela noite de verão nesta linda cidade que eu amo e se chama Curitiba.

SIEGMAR

Nenhum comentário:

Postar um comentário