''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




sábado, 21 de agosto de 2010

MEU MAIOR TESOURO

"Parai de acumular para vós tesouros na terra,onde a traça
e a ferrugem consomem, e onde ladrões arrombam e furtam.
Antes, armazenai para vós tesouros no céu, onde nem a traça
nem a ferrugem consomem, e onde ladrões não arrombam nem furtam.
Pois, onde estiver o teu tesouro, ali estará também o teu coração."
(Mateus 6 19-21)

Esta é a casa onde moro. A casa pela qual meu pai
trabalhou sua vida inteira. Originalmente ela era menor,
com o passar dos anos nós a reformamos e a aumentamos um
pouco.Meu lar, sem dúvida. Me sinto abençoado por ela e a
cada dia mais agradeço ao meu bom Deus por esta dádiva.
Mas, algumas vezes me sinto não merecedor desta benção.
Me sinto envergonhado por ter tanto, enquanto outros vivem
em condições de absoluta miséria.

Assim é o lar de milhares de brasileiros.
Algumas vezes me aborreço, quando numa chuva um pouco
mais forte, preciso aguentar uma e outra goteira.
E eles? Como posso reclamar? Penso neles em sua pobreza
absoluta, algumas vezes mais gratos ainda do que eu pelo
meu muito.

Uma casinha de barro no interior do Piaui.
Uma familia, crianças sem futuro certo, sem nada,
distantes do próprio futuro.
Meu Deus, me sinto envergonhado por ter tanto,
diante de tanta miséria.

Me sinto envergonhado por ter tanto, quando tantos,
nada tem e muitos nunca terão sequer o seu alimento
de cada dia.

A cada dia me lembro desta imagem. Será que esta
pequena criança sobreviveu a fome e a miséria? Sera
ela um pequeno adolecente atualmente?

Penso em quantas pessoas passam horas preparando suas
ceias de Natal, mesas fartas, em meio a tanta fome.
Me sinto envergonhado por ter o que comer no meu dia a dia.

Vejo crianças brincando, muitas birrentas e infelizes
com a sua própria sorte. Mimadas, recebem tudo o que pedem,
emburrecem e se tornam agressivas quando não atendidas.

Vejo crianças brincando, felizes em sua miséria,
alegres em seus sonhos. Crianças que jamais
serão mimadas, ao contrário, serão espancadas e
abandonadas.

Vejo imagens estranhas, a mansão de Edir Macedo, e
fico pensando, será ele feliz?
Será este um dos tesouros que acumulou
em meio a tanta miséria?
Não importa, eu continuo com vergonha por
Deus me ter dado tanto.

Vejo imagens ainda mais estranhas, o castelo
do deputado Edmar Moreira.
Me lembro da casinha de barro, da criança comendo
migalhas e sinto vergonha por ter tanto.

Hoje, outra imagem, ainda mais estranha.
Uma casa-iate, 200 milhões é seu preço, Brad Pit e Jolie
estão interessados.
Me lembro da miséria e da fome e, meu bom Deus,
me envergonho por ter tanto.

Com você meu bom Deus, esta o meu coração.
(Siegmar)

Um comentário:

  1. Hoje você disse tudo com muita propriedade. Concordo com você. Realmente só temos que agradecer e nunca reclamar.
    Tere.

    ResponderExcluir