''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




segunda-feira, 20 de junho de 2011

O MILAGRE DO GRÃO DE AREIA

Perante Deus, todos somos apenas um minusculo grão de areia. Deus é a nossa ostra. A ostra que nos protege e pode nos transformar na mais brilhante das pérolas.
Mas na louca procura pela nossa liberdade, não mais queremos ficar confinados dentro da ostra. Perdemos a paciência, o amor verdadeiro, os verdadeiros sentimentos.
Não queremos mais ser o grão de areia.
Querendo ser o tudo, nos transformamos no absolutamente nada.
Nos perdemos na imaginação e na própria liberdade. Nos tornamos estranhos dentro de nós. Criaturas assustadas e amedrontadas, que destroem, por não saber mais como construir. Que odeiam, por terem esquecido o que é na verdade o amor.

Todos os dias, ao acordar, me esqueço de agradecer ao bom Deus por mais um dia.
Me esqueço o quanto sou fraco e pequeno perante nosso Deus.
Todos os dias vivo julgando meu próximo, fazendo observações com a lingua afiada e apontando
dedos.
Perdoo, esqueço, mas sempre volto a cair no mesmo lugar comum.
Reclamo da corrupção,mesmo estando vivo dentro de um corpo corruptível.
Questiono a fé, as religiões, questiono comportamentos e palavras, me esquecendo que sou apenas
tão igual.

Tento agigantar a minha fé, mas quanto mais eu tento, mas ela foge de meus pensamentos, dando lugar
à duvidas e devaneios. Procuro Deus dentro de mim, procuro Deus no que me cerca, e mesmo sabendo que
Ele está perto, sinto que me afasto cada vez mais.

Procuro compreender o que é lícito, mas caio em lugar comum e volto a me perder.
"TODAS AS COISAS SÃO PERMITIDAS, MAS NEM TODAS AS COISAS CONVÉM;
TODAS AS COISAS SÃO PERMITIDAS, MAS NEM TODAS EDIFICAM.
NINGUÉM BUSQUE O SEU PRÓPRIO INTERESSE; E, SIM, O DE OUTREM."
(I Corintios 10, 23,24)

Sim, questiono, acuso, sei perdoar de coração, mas continuo sendo corruptível.
Todos somos assim. Quem entre nós, se pudesse estar no lugar de algum dos que julgamos,
sejam políticos, amigos ou irmão, não agiria da mesma forma do que eles?
Seria hipocrisia dizer; "eu não."
Fossemos hoje eleitos para um grande cargo, primeiramente chamaríamos irmãos e amigos para
nos cercarem e auxiliar.
Fecharíamos portas e janelas, justificando nossos atos de corrupção e pecados.
Sim, somos tão corruptíveis quanto todos.
Somos todos juizes e réus de nós mesmos.

Perdemos a noção do nosso caminho, estamos perdidos, navegando a deriva num mar de
intranquilidade. Sem bússulas, sem equipamentos de orientação e direção.
Esquecemos de olhar para as estrelas e nos deixar guiar para um porto seguro.
Em nossa própria luta, que chamamos de sobrevivência, atropelamos irmãos, vizinhos e amigos.
Corremos em direção do nada, esquecendo que dentro do nosso coração está o tudo.
A paz, a alegria, a misericórdia, o perdão e acima de tudo, DEUS.

Com estas palavras quero apenas me voltar alguns instantes para Deus. Agradecer pelas incontáveis
manhãs que acordo me esquecendo de O agradecer pelo novo dia. Pelos novos desafios e luta.
O agradecer pela suas promessas, dádivas diárias e pelo seu eterno perdão.

Quero me humilhar perante Ele, implorando perdão pela minha lingua ferina e afiada, que tantas vezes
ofende e julga. Quero pedir forças para mudar um pouco a cada dia, mesmos nos dias em que esqueço de Suas palavras e promessas.
Pedir que sua promessa de transformação não demore, e que nos dê a chance de ser digno de ao menos ver a Sua luz.
Que Ele, em sua misericórida infinita, nos faça encontrar o caminho de volta. Nos dê abrigo e mais uma vez nos transforme na mais preciosa das pérolas.

"CARNE E SANGUE NÃO PODEM HERDAR O REINO DE DEUS, NEM A CORRUPÇÃO A INCORRUPÇÃO.
EIS QUE VOS DIGO UM MISTÉRIO:
NEM TODOS DORMIREMOS, MAS TRANSFORMADOS SEREMOS TODOS,
NUM MOMENTO, NUM ABRIR E FECHAR DOS OLHOS, AO RESSOAR A ULTIMA TROMBETA.
A TROMBETA SOARÁ, OS MORTOS RESSUCITARÃO, INCORRUPTÍVEIS, E NÓS SEREMOS TRANSFORMADOS.
PORQUE É NECESSÁRIO QUE ESTE CORPO CORRUPTÍVEL SE REVISTA DA INCORRUTIBILIDADE, E
QUE O CORPO MORTAL SE REVISTA DA IMORTALIDADE." (I Coríntios 15, 50-53)
(Siegmar)

2 comentários:

  1. Muito bonito e muito verdadeiro. Hoje mesmo penseiquantas vezes julguei e julgo os outros? Pois é, sou humana.

    ResponderExcluir
  2. Querido Mano... Linda reflexão! Infelizmente ainda não aprendemos a mais bela lição que Jesus nos deixou: "AMAI-VOS UNS AOS OUTROS, COMO EU VOS AMEI"... Costantemente nos tornamos "juízes" e julgamos sem medida, pecamos com a língua... e de tal maneira como você bem colocou no seu texto: nos esquecemos de nos colocar no lugar do OUTRO... é fácil condenar, apontar erros... mas, como tão bem escreveu a Tere, somos humanos; e por sermos humanos nos deixamos levar por impulsos, falamos as coisas sem pensar, machucamos e as vezes até "matamos" o outro com palavras cruéis ditas numa hora de raiva e tudo porque não somos capazes de olhar o outro com os "Olhos misericordiosos de DEUS"... Só quando aprendermos a enxergar o nosso próximo com esses olhos, é que nos tornaremos INSTRUMENTOS de PAZ, como São Francisco de Assis! Só assim conseguiremos " mudar os outros e a nós mesmos "... Só assim haveremos de conquistar o REINO dos CÉUS já aqui na Terra... Beijos, sua Mana Valrita

    ResponderExcluir