''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

PARA CRIANÇAS, JOVENS E ADULTOS ENTENDEREM A CRISE

Pediram a uma prestigiada consultora financeira para explicar de forma simples a crise que estamos a viver, para que as pessoas comuns compreendam as suas causas e consequências.

Eis a explicação:

Um homem apareceu numa aldeia do “interior esquecido” e ofereceu aos seus habitantes 100 euros por cada burro que lhe vendessem.
Boa parte da população vendeu os seus animais.

No dia seguinte voltou e ofereceu melhor preço - 150 euros por cada burrinho.
Outra boa parte da população vendeu os seus.

Voltou um dia depois e ofereceu 300 euros.
O resto do pessoal vendeu os últimos burros.

Ao ver que não havia mais animais disponíveis, o homem ofereceu 500 euros por cada burrico, dando a entender que os compraria na semana seguinte, e desapareceu.

No dia seguinte mandou um cúmplice à aldeia, com os burros que tinha comprado, oferecendo-se para os vender a 400 euros cada.

Com a ganância de os vender a 500 euros na semana seguinte, todos os aldeões compraram os burros a 400 euros. Quem não tinha dinheiro, pediu emprestado.
E assim compraram todos os burros da região.

Como era de esperar, o fulano desapareceu, o cúmplice também, e nunca mais se soube nada deles.
Resultado: A aldeia ficou cheia de burros e de gente endividada.

Isto, foi o que o consultor contou.
Vejamos o que aconteceu depois…

Os que tinham pedido dinheiro emprestado, para comprar os burros de volta, não puderam pagar os empréstimos.

Os que tinham emprestado dinheiro queixaram-se à junta de freguesia, alegando que, se não retomassem o dinheiro, ficariam arruinados e não poderiam continuar a emprestar… e assim toda a aldeia ficaria arruinada.

Para que os agiotas não se arruinassem, o Presidente da Junta, em vez de dar dinheiro à gente da aldeia para pagar as dívidas, emprestou aos próprios agiotas. Mas estes, que já tinham cobrado grande parte do dinheiro, não perdoaram as dívidas aos aldeões, que continuaram endividados.

O Presidente da Junta desbaratou assim o orçamento da freguesia, que ficou também endividada.
Então, decidiu pedir dinheiro a outras freguesias. Porém, estas negaram-se a ajudar porque, como aquela estava empenhada, não poderia devolver o que lhe emprestassem.

Resultado
1 - Os “chico-espertos” do início da história, ficaram de papo cheio.

2 - Os agiotas, ficaram com a sua ganância satisfeita e um montão de devedores a quem continuaram a cobrar o que lhes emprestaram, acrescido de juros, inclusive apropriando-se dos já desvalorizados burros pois nunca conseguiriam cobrir toda a dívida.

3 - Muita gente arruinada e sem burro para o resto da vida.

4 - A autarquia igualmente arruinada.

Resultado final
Para solucionar esta preocupante situação e salvar toda a aldeia,
a autarquia decidiu…

…baixar o salário dos seus funcionários !!!

FIM...por enquanto!

Moral da história: Quem são os verdadeiros burros?
A população.
Quem são os agiotas?
Os banqueiros.
Quem é a Junta?
Os governantes, aqueles que dizem...comprem, comprem, comprem..., e os verdadeiros burros, (a população) vai lá e... compra, compra e compra.
Se endivida cada vez mais. Cegada pela ganância, avareza e ignorância.
E quem são os "Chicos-espertos" nesta história?
Os grandem empresários ligados ao governo, aqueles que pagam propinas aos governos corruptos.
Os que enriquecem explorando o povo, tipo; Silvio Santos, por exemplo, que consegue vender ao governo
um banco completamente falido, e o povo continua gritando, "Silvio Santos vem aí!"
Outro exemplo são os Eikes Batistas da vida, sempre a "disposição" do governo e ambos, enriquecem cada vez
mais vendendo seus burros para a população cada vez mais endividada.
Entenderam agora qual é a jogada?
(Siegmar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário