''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




quinta-feira, 9 de setembro de 2010

EU, EU MESMO, EU NOVAMENTE, E EU DE NOVO


1955,talvez, meados de 1956 eu devia ter uns
seis meses. Minha primeira foto.
Intacto, sem estragos, sem preocupações.

Dois anos depois,ainda sem preocupações,
ainda sem estragos, nem rugas.

Sete anos, começaram as preocupações. Boletim escolar,
artes, aprontar e como se safar?

Doze anos, preocupações aumentam, boletim continua,
aprontar continua. Ja começa a existir uma "certa"
malandragem.

13 para 14 anos, primeira comunhão. Primeiro terno,
primeiro relógio, olha eu aí, do lado da minha mana!
Santinho, santinho.
Época de pegar escondido uns discos do meu cunhado
e fazer aleluia na escola.
Gente eu aprontava.

Aborrecente semi-adulto, uns 18 ou 19 anos.
Época de pegar "emprestado" o revólver do meu
cunhado. Querido cunhado, se um dia você estiver
lendo isso, me desculpe de coração os momentos
de raiva que eu te fiz passar. "Ich hatte Scheisse im Kopf."
E acredite, você é um bom sujeito, um bom amigo e um
grande cara!
Época também de conhecer "o canto dos malditos."

Quase 25 anos, eu, meu paizão a esquerda e meu tio,
padrinho e amigo Felix.
Época do inicio do juizo, trabalho, ansiedades,
medos do desconhecido, rotina, rotina, rotina!

50 anos, rugas,preocupações,cães,anos na mesma
empresa, rotina, rotina e rotina!

Alguns dias para completar 55 anos. Muitas rugas,
óculos, dirigir com atenção, 22 anos na mesma empresa,
rotina, rotina e rotina. Cães, cães e mais cães, tres gatos
também. Solteiro e feliz.
Solitário? Sim, algumas vezes mas, sem muito tempo para
autopiedade ou curtir esta solidão.
Perdoar? Sempre!
Ficar com raiva? Nunca mais do que cinco minutos!
Fumar? Bastante!
Faria tudo novamente? Sim, creio que sim. Afinal,
isso é viver!
(Siegmar)

2 comentários:

  1. Maravilhoso. Engraçado que não lembro de você pequeno. Só lembro quando, acho que você saía para trabalhar e eu estava conversando com seu pai no portão, esperando o ônibus, também para ir trabalhar. Adorei ler esta postagem.
    Tere

    ResponderExcluir
  2. Mano... De que Baú são essas fotos?! Nossa quantas saudades... Ah, maninho... E não se esqueceu de mencionar suas peraltices lá no colégio... rsrs... Saudades desse tempo! Valeu pelas lembranças! Beijos

    ResponderExcluir