''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




quarta-feira, 15 de setembro de 2010

FELIZ ANIVERSÁRIO,PAI INESQUECÍVEL!



Hoje meu pai estaria completando 86 anos de vida.
Mais do que um pai perdi um amigo.
Faleceu em 1996.
Subitamente seu grande coração não mais acompanhou o
ritmo desta vida. Resolveu parar, aquele enorme e bondoso
coração,simplesmente resolveu parar.

Aquele mesmo coração que me ensinou tanto. Me ensinou o
respeito aos mais velhos, a caridade,o amor e respeito para com
os animais,me ensinou a perdoar,a amar, a sonhar,a sorrir e a
chorar.
Me ensinou a humildade, a ternura, o ser amigo,a honestidade
e até,um pouco de malandragem.
Assim foi meu pai, emotivo, lembro que chorava numa cena mais
triste de algum filme. Lembro que xingava o mocinho e o bandido
também,quando estes cometiam suas gafes. Exagerado algumas
vezes ao contar um causo qualquer, sempre aumentava um pouquinho.
Lembro e relembro meu velho e querido pai.
Algumas broncas,merecidas e bem dadas ajudaram a me tornar
o ser humano que sou hoje.

Sinto sua falta como nosso pequeno Rubi sentia sua
falta quando você não estava.
Lembro da alegria dele quando você chegava do
trabalho pela manhã.
Bastava dizer: "jetz kommt der Paio" e lá ia ele
correndo ao portão ao seu encontro e você era
dele para o resto do dia.
E assim como o pequeno Rubi, eu adoraria poder ir
correndo ao nosso reencontro.
Sinto sua falta meu velho e querido amigo, sinto muito sua falta.
Um dia sei que iremos te reencontrar. Será talvez demorado no
nosso tempo,mas será muito em breve no teu tempo de repouso.
Que Deus te ilumine e prepare nossa reunião, nosso ver, ser e
abraçar de novo.
Talvez eu nunca tenha deixado isso claro para você em vida,
talvez até tenha dito, em todo caso aqui vai novamente:
"Obrigado pela vida que você me deu,por meu abrigo e minha
segurança. Obrigado pelos sorrisos e pelas lágrimas que
juntos algumas vezes derramamos,você foi um grande pai,
você não poderia ter feito nada para ser melhor."
(teu filho Siegmar)

2 comentários:

  1. Siegmar... Bonita homenagem ao nosso saudoso pai! Faço minhas as suas palavras,Mano, ele não poderia ter feito melhor do que fez, sua vida foi exemplo de luta, sacrifícios e amor ao próximo e animais...Com certeza está no mais lindo jardim, reservado aos que acreditam na promessa do Cristo:..." Irei pra casa de meu Pai, onde há muitas moradas e vou lhes preparar um lugar"... Um lugar que olhos jamais viram, mas, que os olhos do nosso pai já conheceram... Entre os murmúrios do jardim, sons de cascatas e cantos das aves do paraíso, ele deve estar sorrindo... E sei que é lá que vamos nos reencontrar! Beijos, Mana

    ResponderExcluir
  2. Muito bonita sua homenagem. Aprendi a gostar de seu pai. Já lhe falei que conversava com ele quase todos os dias quando ia trabalhar. Gostava muito de conversar com ele e acho que ele também gostava de conversar comigo, pois esta sempre ali na frente. Também sinto saudades dele.
    Tere

    ResponderExcluir