''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




segunda-feira, 13 de setembro de 2010

UM BOM INÍCIO DE SEMANA


Segunda feira, 13/09. Hoje tive uma feliz surpresa
por rever a Pretinha. Não sei por qual razão deram
a ela o nome de Pretinha, mas enfim, a rever foi
algo que me deixou muito contente. Pois Evanderson,
seu dono havia se mudado do bairro no começo do ano
passado.

Pretinha era uma cadelinha abandonada e
foi adotada por um vizinho. No começo ele
ficou meio receoso em ficar com ela por ser
uma cadelinha. Conversando com ele, consegui
que fosse castrada e hoje é o xodó do Evanderson.
Pretinha foi a primeira de uma série de animais
abandonados que consegui castrar e assim tiveram
a felicidade de serem aceitos e permanecerem num
novo lar.Pretinha tem até suas fotos no Orkut de
Evanderson, onde faz o maior sucesso.

E esta grande moça da foto acima foi castrada
hoje. Neguinha, ao menos assim eu e quem a conhece
lhe chamam.
Neguinha sofreu um bocado nas ruas até se tornar
o que chamamos de cachorro comunitário.
Neguinha é um animal abandonado, sem residência fixa,
mas que se abriga junto com outra cadela numa casa
aqui perto. Sua companheira também ja foi castrada
e hoje foi a sua vez.
Como ela é muito dócil e tem o seu semi-abrigo, além
de receber atenção e carinho dos moradores do local,
mandei castrá-la, pois estou certo que agora, poderá
tranquilamente continuar no local, sem que os moradores
precisem se preocupar com uma cria indesejável.

Uma vizinha e amiga se encarregou de lhe dar
a medicação pós cirurgia nos próximos tres dias e
olhar por ela durante sua recuperação, que será bem
rapida. Levei uma mordidinha no braço, mas valeu a pena.
Nada grave, apenas a felicidade ao ver que estava de volta
em seu antigo lugar e sua velha companheira a agitaram e
na hora de tentar soltar a coleira, ela se assustou e
me deu uma "lembrancinha".
Mais uma pequena missão realizada,
mais um animal que não mais irá sofrer com cios, livre
de doenças como a piometra, (cancer de útero), que atinge
grande parte das cadelas não castradas e igualmente não
irá sofrer com os tumores de mama, outro problema que
atinge boa parte de animais não castrados.
Mas acima de tudo, não irá sofrer precisando procurar
desesperada por um local seguro para ter suas crias,
situação muito triste pela qual passam centenas de
animais abandonados.
Foi uma grande segunda feira!
(Siegmar)

Um comentário:

  1. Você não imagina como fiquei feliz, ou, imagina sim. Esta é aquela que vive perto da Vicente de Carvalho? Que Deus te abençôe.
    Tere

    ResponderExcluir