''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




quinta-feira, 28 de julho de 2011

OBRIGADO SENHOR, PELOS MEUS SEIS SENTIDOS

Te sou grato meu Deus, pelos seis sentidos que Tu me deste.

Grato pelo minha visão.
Que me permite ver as maravilhas da tua criação.
Me permite ver o mar, o céu e as estrelas, as flores, as montanhas e os campos,
as rochas, as nuvens, o sol e a lua. Me permite ver as florestas e bosques,
a neve, a chuva e o granizo.
Me permite ver os animais, os amigos,meus pais e irmão, e a todos a quem amo.
Me permite ver a luz e a escuridão.
Te sou grato senhor, pela minha visão.

Te sou grato senhor pela minha audição.
Com a qual posso ouvir o som do vento nas árvores, os trovões das tempestades
que se aproximam. Posso ouvir o rugido das ondas do mar, o canto dos pássaros,
os latidos dos cães e miados dos gatos.
Posso ouvir o rugir das feras, o choro e risadas de crianças e velhos. Posso ouvir a voz
dos que amo e também, o som do mais puro silêncio.
Posso ouvir as tuas palavras, escutar o teu nome dito em oração,
por isso Senhor, te sou grato de coração.


Obrigado também amado Senhor, pelo meu paladar.
O paladar que me permite sentir o gosto da tua criação.
O sabor doce das frutas, o sabor da água fresca que brota das fontes,
o sabor do pão, o sabor de um beijo, do leite fresco, dos ovos e das batatas.
O sabor da água salgada do mar e o doce mel das abelhas.
O sabor do trabalho digno e honesto.
O sabor do perdão e da solidariedade.
O sabor do sal e do açucar, do doce e do amargo, do chocolate e do vinho.
Te sou grato Senhor, por este especial carinho.








Obrigado igualmente pelo meu olfato.
O dom que me deste de sentir os cheiros e perfumes.
O dom de distinguir o perfume das rosas das camélias,
sentir o cheiro da grama molhada, o perfume das flores do campo,
o aroma da maçã e de todas as outras frutas.
Sentir o cheiro da chuva e o cheiro da brisa do mar, o cheiro dos animais,
o cheiro das roupas limpas e do pão fresquinho saindo do forno.
O cheiro do café recém passado, da camomila, do feno e do suor do trabalhador.
Por isso, te sou realmente grato Senhor.

Te agradeço também pelo meu tato, Senhor.
O milagre do sentir, de poder abraçar e acariciar.
Poder sentir o vento e o sol em meu rosto, o frio e o calor.
Sentir os pelos e a pele dos animais ao acariciar,
sentir os abraços dos amigos, a mão dos meus pais, os beijos,
sentir a suavidade do algodão, a maciez da água que corre nos rios e
oceanos, distinguir as pedras das flores, a pele macia e sentir o amor.
Te sou eternamente grato Senhor.

Acima de tudo, te agradeço pelo meu sexto sentido.
O sentido do descernir.
Saber o que é certo e errado, amar a vida ao invéz de a destruir.
Recolher e ajudar, em lugar de dar às costas.
Perdoar ao invéz do rancor. Fazer sorrir ao invéz de magoar.
Conhecer e compreender, pensar e imaginar.
Viajar em pensamentos, indo a lugares onde talvez eu nunca possa ir.
Ver a bondade e poder me afastar da maldade. Ver onde existe necessidade,
estender a mão e abrir o coração.
Sim bom Deus, te sou grato por estes milagres.
Apenas um Deus, em toda a sua magnitude e miraculoso poderia nos dar
todos estes milagres, sem nada pedir em troca.
Me permita Senhor, que eu sempre use stes sentidos com sabedoria,
que meu rosto sempre transmita sorrisos, mas saiba também chorar
quando preciso, seja de alegria ou de tristeza.
Permita que minhas mãos continuem mais acariciando do que os dedos apontando.
Que eu transmita sabores doces, nunca amargos.
Que meus membros me levem a mares e montanhas e onde eu for necessário.
Obrigado Senhor, que eternamente eu seja digno destes dons.
(Siegmar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário