''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




domingo, 22 de maio de 2011

"O CORDEL DESENCANTADO"

Preciso descobrir o autor deste cordel. O cara merece um premio!
Como também o texto de Geraldo Almendra postado logo a seguir.

Se falo certo,
Tô errado,
Se falo errado,
Tô diplomado,
Porque nesse Brasil,
O bom é ser analfabetizado...

Se sou hetero,
tô errado,
Se sou gay,
Tô valorizado,
Porque nesse Brasil,
Anda tudo meio afrescalhado...

Se elogio uma mulher,
É assédio, tô errado,
Mas, se ignoro, coitado
Tô lascado, me chamam de viado
Porque nesse Brasil,
Anda tudo muito politizado...

Se faço brincadeira na escola,
Tô errado,
Se não faço, fazem comigo
Tô lascado,
Porque nesse Brasil,
Anda tudo bullynguizado...

Já não sei o que fazer,
Se posso me virar ou me mexer,
Se devo andar de frente ou de lado,
Êta paiszão de merda danado!

A IGNORÂNCIA COMO NORMA CULTA
Por Geraldo Almendra
14/05/2011

Depois de ser transformado no lixão da corrupção do ocidente o Brasil, com a prestimosa colaboração do MEC, está sendo conduzido para o lixão da ignorância popular em matéria de comunicação entre seus cidadãos menos favorecidos ou menos esclarecidos.
Que ninguém estranhe se “nos vai ou nos fica” virarem expressões absolutamente aceitas como representativas da cultura popular, melhor dizendo, da ignorância popular transformada em norma culta para as classes menos favorecidas, menos esclarecidas ou para os milhões de analfabetos funcionais que são empilhados no mercado de trabalho todos os anos.Assim vai caminhando o Brasil depois da Fraude da Abertura Democrática e, mais recentemente, depois da era da ignorância generalista, o melhor instrumento de comunicação utilizado por um presidente da República durante dois mandatos.
O Brasil continua na contra mão da civilização ocidental dos países desenvolvidos que estão cada vez mais sofisticados nas suas formas de comunicação oficialmente aceitas como normas cultas das suas línguas nativas.

O suborno moral dos menos favorecidos e dos menos esclarecidos alcança com a aprovação do MEC para a deturpação da língua, induzindo milhões de crianças e adolescentes  a falarem de forma errada, como se seguir regras formais de uma língua não fosse uma obrigação de cada cidadão.Ninguém precisa falar de maneira sofisticada para falar certo, mas o MEC distribui uma cartilha da ignorância linguística determinando que falar de forma errada e grosseira não deve preocupar os que estão sendo educados para se tornarem cidadãos plenos de seus direitos e obrigações. O MEC somente esqueceu-se de dizer aos milhões de adolescentes que enfrentarão no futuro uma entrevista em um emprego que dizer “nos vai ou nos fica”, por exemplo, não será nunca aceito por um potencial empregador, que não vai admitir alguém com esse perfil chafurdando a língua pátria no seu ambiente de trabalho e tendo contato com seus clientes.O Brasil depois de ser transformado em um Paraíso de Patifes governado por um Covil de Bandidos agora caminha para transformar a ignorância linguística em norma culta. Depois de uma universidade dar um título de Doutor Honoris Causa ao mais sórdido e ignorante político de nossa história o que se poderia, na verdade, esperar dessa gente oriunda da academia que serviu e ainda serve de lacaio do petismo?
Quanto mais ignorante for feita a sociedade mais espaço será ocupado pelo Covil de Bandidos para continuar garantindo o sucesso do projeto de poder perpétuo do Retirante Pinóquio.

Um comentário:

  1. Espere para ver quando começarem a passar os vídeos de sexo para o ensino fundamental. Aí o bicho vai pegar.

    ResponderExcluir