''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




terça-feira, 10 de maio de 2011

POR UM FUTURO DIGNO DE NOSSOS JOVENS E CRIANÇAS

Escrever e enviar aos jornais a minha opinião, foi a maneira que encontrei
para mais uma vez gritar e alertar. Ao menos um jornal se dignou a publicar.
Eu já havia postado parte deste texto no blog, mas reforço o meu grito.
Algo esta errado,muito errado.


AS MARCHAS DA VIDA E DA MORTE

Duas marchas. Duas caminhadas por motivos diferentes, mas estreitamente ligadas entre si.
As duas marchas aconteceram no Rio de Janeiro.

Uma pela paz e pela vida, relembrando as 12 pequenas vítimas do atirador de Realengo. Esta marcha reuniu cerca de cem pessoas. cem pessoas pela vida e dignidade.
A outra marcha reuniu cinco mil pessoas, uma marcha pela morte, pelo crime, pelas drogas e
pelos traficantes, que diariamente fazem mais e mais pequenas vítimas. Sim, algo estranho nisso não é mesmo?

Cinco mil se reúnem para gritar pela liberdade das drogas, as drogas que irão levar crianças a conhecerem outras drogas que, cedo ou tarde as irá matar ou transformar em atiradores do Realengo.
Cem pessoas marcham pela dor e pela dignidade. Desproporcional, algo esta muito errado, alguém pode responder, pode entender? Não deveria ter sido o contrário?

Mas eu respondo: cem pessoas caminharam com Deus, mas cinco mil, preferiram caminhar com o diabo!
Siegmar Metzner, Curitiba
JORNAL O ESTADO DO PARANÁ ONLINE
10/05/2011

Um comentário:

  1. Eu acho um absurdo que os governantes não se preocupem com o avanço das drogas. A única hipótese é que eles se beneficiem financeiramente com isso e, acho que só pode ser isso mesmo.

    ResponderExcluir