''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




sábado, 9 de abril de 2011

A CADA DIA MAIS, MATAMOS, AÇOITAMOS E CUSPIMOS EM JESUS CRISTO! / É CONSTRANGEDOR FALAR SOBRE DEUS?


Desde criança aprendi sobre esperança, bondade e misericórdia com meus pais. Nunca fomos a "família ideal", mas me ensinaram a ter respeito pela vida, todas as formas de vida.
Cresci, me tornei adulto, e estes ensinamentos, que me apresentaram a história de um homem chamado Jesus, nunca se ausentou de mim por muito tempo, caí algumas vezes, me afastei algumas vezes, mas sempre suas lições me erguiam novamente e aumentam a minha fé. Não uma fé exagerada, louca ou fanática, mas uma fé pura e simples.
Após a tragédia ocorrida esta semana numa escola do Rio de Janeiro, onde 12 crianças foram fria e estupidamente assassinadas, muitas teorias estão sendo divulgadas por, "especialistas", médicos, psicólogos, psiquiatras e orientadores educacionais.
Teorias sobre quem era o assassino e o que o teria levado a cometer este bárbaro ato de violência.
Impotência sexual, esquisofrenia, retardo mental, era estranho, solitário, era isso e aquilo. Enfim, mil teorias hipócritas e falsas.
Nenhuma única vez se falou na verdadeira razão por trás desta crueldade. Nenhuma vez!
As pessoas, principalmente estes grandes "especialistas" sentem vergonha, ou são cretinos o bastante com suas fajutas teorias, de não admitir, que a causa principal é a total e simples falta de acreditar em Jesus Cristo, acreditar em Deus.
Isso, admitir isto, seria caretice, admitir isto seria retroceder, afinal, Deus não existe mais no coração das pessoas.
Não estou falando aqui de religiões, ou ensinamentos religiosos hipócritas, que impõe um Deus cruel, castigador, mas um Deus que morreu por nós e por nossas fraquezas.
Mas este tipo de assunto, de conversa, atualmente enoja as pessoas, rapidamente balançam suas cabeças, concordam e mudam de assunto. Jornais não se dignam a escrever sobre Jesus, a mídia prefere divulgar em suas atuais e cada vez mais obcenas novelas, obcenidades, violência e exemplos de como se vingar, como matar, como traír, como roubar e enganar.
Falar sobre Jesus não dá ibope. Isso se tornou vergonhoso e ridículo.
Isto é apenas assunto da igreja, elas que cuidem de Jesus. HIPOCRISIA!

Todos deveriam se juntar e acordar as pessoas para a única verdade. Pais, escolas, igrejas, os meios de comunicação, deveriam formar uma grande corrente e gritar ao mundo:

"Acordem, acreditem, Ele existe, Ele é real e, nada mais quer do que ser amado por todos e vocês honrarem, respeitarem e amarem uns aos outros,como respeitam e amam a sí próprios!"

Por Jesus ter se tornado um assunto que envergonha as pessoas, esqueceram de lições de humildade e bondade. O amar os outros como a sí mesmo, o perdoar mais do que ser perdoado, o de oferecer a outra face ao invéz de logo pensar em se vingar, e ainda mil outras pequenas lições de humildade, generosidade e respeito.
Matamos Jesus uma vez, e continuamos a o matar mais a cada dia.
Aí, diante de tragédias como estas, algumas pessoas chegam a blasfemar contra Deus e se perguntam, ignorantemente se perguntam:
"Como Deus pode permitir algo assim?"

Simples de responder; porque não deveria permitir? Afinal, não acreditamos mais nele mesmo, sentimos vergonha de seu Filho, sentimos vergonha de falar Nele e sobre Ele.

Lembram Dele, com raíva ou com amor, apenas diante de tragédias como estas, aí, por alguns "segundos", todos gritam, "Senhor, Senhor"!
Mas, passados estes segundos de raiva ou de tristeza, se voltam para suas novelas e carnavais.

Mais uma vez uso a palavra correta, HIPÓCRITAS, todos se tornaram HIPÓCRITAS.
Quantos outros crimes como este ainda serão cometidos? Quantas tragédias ainda terão que acontecer? Até que, quem sabe um dia, estes grandes "especialistas" que confundem o mundo com suas teorias, acordem e se dignem a admitir que; por Jesus ser assassinado no coração de todos a cada dia mais, isso esfria o amor nas pessoas, que não sabem mais distinguir o que é respeito, compaixão, carinho e companheirismo.
Quantos assassinos ainda andam por aí, solitários,frios e indiferentes, pela simples ausência de Jesus em suas vidas, e na vida das pessoas que mais e mais esquecem de ensinar a seus filhos a história de um homem chamado JESUS?
E onde se lê Jesus, leia também, esperança, bondade e misericórdia!
(Siegmar)

Um comentário:

  1. Eu concordo. Acho que bastaria que as pessoas respeitassem Deus, lembrassem de pela manhã dizer "obrigada Senhor". Tudo seria diferente.

    ResponderExcluir