''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




quarta-feira, 20 de abril de 2011

SIMPLESMENTE UMA TURMA DO BARULHO

Mudando um pouco de assunto, pois política e religião enchem o saco de qualquer um. Profecias e fim do mundo, mais ainda. Assim, aqui vão algumas fotos da turminha mais alegre do planeta terra. Aliás, Felipão não esta nem aí para fim do mundo, o negócio dele, é dormir e roncar.Algumas vezes ele resolve deitar de costas, mas como o sol atrapalha, melhor proteger com as patas, afinal, é quase meio dia. Tigrinha, injuriada, parece não acreditar no que esta vendo. Enquanto a turma esta no corre corre e pula pula, Felipão se desliga do mundo.Bonnie também observa por alguns segundos a estranha posição que Felipão escolheu pra dormir. Mas logo volta a brincar com o resto da turma. Chegam a pular por cima do grandão, que não esta nem aí, contanto, que não pisem nele, aí todos podem espera por uma bronca. Já aconteceu algumas vezes. O velho não gosta mesmo de ser incomodado na hora da soneca.As duas tímidas da casa: Tigrinha e Nina. A pequena poderia se chamar de sombra. Me segue para tudo quanto é lugar. Basta eu ameaçar de levantar ou andar, e pronto, acorda e me segue, nem que eu caminhe o dia inteiro. É um grude mesmo.Miucha, talvez por ser a mais nova de casa, é a grande curiosa. Sempre atenta, examina tudo o que lhe parece estranho, sempre com a cabecinha meio inclinada, basta ver algo que desconhece ou não entende, lá esta ela.Baby, Pinguím, Bonnie e Panda vivem correndo e brincando. Uma boa vida para quem um dia foi abandonado e desprezado. Vítimas da ignorância de pessoas para as quais, a vida de animais e lixo parece ser a mesma coisa.Mas assim como o Felipão, eles não se lembram mais do que aconteceu. E, com a mais absoluta certeza, perdoaram seus antigos donos, e se os reencontrassem, diferentes dos seres humanos, os receberiam com carinho e ternura. É, temos muito o que aprender com os animais ainda. Talvez um dia, a gente consiga ser superior a eles, mas isso, ainda vai demorar.
(Siegmar)

Um comentário:

  1. Está lindo. Desculpe, mas roubei a foto do Felipão. Está demais!

    ResponderExcluir