''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




quinta-feira, 20 de junho de 2013

ADRIELLY, 10 ANOS, TRÊS VEZES ASSASSINADA, 04/01/2013, PARA NUNCA, NUNCA ESQUECER

Morreu nesta sexta-feira a menina Adrielly Vieira, de 10 anos, vítima de bala perdida na noite de Natal em Piedade, Subúrbio do Rio de Janeiro. Socorrida ao Hospital Salgado Filho, ela precisou esperar oito horas para ser submetida a uma cirurgia porque o neurocirurgião escalado para aquela noite havia faltado ao plantão. O disparo atingiu a cabeça da criança. Três dias depois de ser internada, Adrielly foi transferida ao Hospital Souza Aguiar, no Centro, onde sua morte cerebral foi anunciada no domingo passado.

Esta notícia chamou a atenção no começo deste ano. Jamais poderá e nem deverá ser esquecida.
Adrielly estava brincando em casa quando foi atingida por uma bala perdida. 
Socorrida, precisou esperar 8 horas, com a bala na cabela, para ser atendida.

Este é o retrato do país da Copa do Mundo de 2014. o país que não precisa de hospitais, mas de estádios de futebol superfaturados e os mais caros do mundo.

Nunca vou esquecer Adrielly, eu não a conhecia, mas seu sorriso, que agora não existe mais, precisa ser lembrado e mostrado para todos.

Os assassinos de Adrielly são muitos, a mão que apertou o gatilho, os médicos que não se importaram e os decadentes e carentes hospitais do país do "nunca antes neste país."


Mas Adrielly não foi a unica vítima destes assassinos, impossível não lembrar também da pequena e doce Geovana. outra vítima destes mesmos assassinos.

Talvez alguns nem se lembram mais, mas ontem, quando nasceu o pequeno Vinicius, meu sobrinho neto, não pude deixar de lembrar destas duas crianças lindas, cujos sorrisos existem agora apenas ainda em lembranças.

Quero um futuro melhor e seguro para o pequeno Vinicius, quero que tenha educação, saúde  e segurança garantido, quero que viva e cresça num pais melhor e mais decente.

Quero que os assassinos de crianças deixem este governo e deixem se possível também o meu país. QUERO DE VOLTA UM BRASIL DECENTE!


Injusto seria não relembrar o sorriso de Victo Hugo, assassinado friamente, sem reagir, ao chegar em casa.

Como esquecer? 

Como não culpar e pedir, clamar por justiça?

Sim, não os trará de volta, mas muitos outros jovens e crianças, como Vinicius, que agora nasceu e irá crescer, terão uma chance de viver e envelhecer com dignidade e respeito num país melhor.

Basta de corrupção, meu grito, meu protesto se une aos jovens do momento, se eu pudesse, fazer um cartaz e sair e me juntar com os jovens nestes protestos, eu levaria a cartaz abaixo e mostraria ao mundo quem são os assassinos destas e de outras crianças, jovens e trabalhadores.

Quem sabe alguém o fará por mim?
Mas não estará fazendo por mim, estará fazendo por todos, todos os que amam a vida, o respeito, a dignidade e a decência.

Por ADRIELLY, por GEOVANA, por VICTOR HUGO, por CINTHYA, por ALEXANDRE, pelos 242 jovens assassinados em SANTA MARIA e por todos aqueles que não mais voltaram para casa.
(Siegmar)




Nenhum comentário:

Postar um comentário