''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




domingo, 6 de maio de 2012

MIUCHA



MIUCHA

Sem duvida é a mais assustada de todos. Creio que sofreu muito pelas ruas, sendo tocada por todos devido a sarna que tinha quando a encontrei.
Atualmente é feliz e brincalhona. Corre o dia inteiro brincando com os outros cães, ainda é meio filhotona, apesar de já estar com quase dois anos.
Miucha tem pavor de fogos, mas um verdadeiro pavor mesmo, diferente dos outros. Não sabe o que fazer e fica completamente desorientada.
Apenas a consigo acalmar a segurando e falando alto e brincando como se estivesse brincando com ela.
Uma atenção realmente especial.
É importante que fique dentro de casa durante a barulheria. Miucha é o tipo do cão que fugiria apavorada sem rumo se escapasse durante a queima de fogos.
Não é necessário que seja uma grande queima de fogos, basta alguns rojões e pronto, lá esta ela desorientada e assustada.
Miucha também tem certo medo de algumas pessoas. De algum modo, ela deve se lembrar de maus tratos que recebeu de alguém.
Quando dou uma bronquinha em algum dos outros cães, ela se encolhe e treme como se fosse ser espancada. Isso é um tipico sinal de que passou e sofreu por maus tratos.
Aos poucos consigo a fazer perceber que ela esta segura agora. 
Imagino o que se passa no intimo de um animal que sofre com a indiferença e os maus tratos. Como deve ser difícil para ele entender  a razão de apanhar ou ser chutado. De alguma forma a pequena Miucha passou por isso.
Não sei o que seria de Miucha se precisasse ir para um novo lar. Teria que ser adotada por alguém que a amasse muito, que jamais lhe  desse bronca e a fizesse sentir muito segura.
Espero sinceramente que eu sobreviva a todos eles. Mas se um dia algo acontecer, espero que os amigos que lerem estas postagens sobre os meus cães, ajudem a encontrar pessoas que possam dar a eles a continuidade de uma vida digna. Pessoas que possam lhes dar mais do que um abrigo, mas também segurança e carinho.
Especialmente para a pequena e confusa Miucha.
Mas ela agora realmente é feliz, e é isso que importa.
(Siegmar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário