''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




domingo, 6 de maio de 2012

NINA



NINA
 
Descrever Nina não é fácil. Dizer que ela é minha sombra é pouco. Quando estou em casa, onde estou lá esta a pequena
Nina. Se saio da porta mil vezes, mil vezes Nina irá me seguir.
É enorme seu desespero quando saio para passear com os outros e Nina precisa ficar. Uiva, late e apenas sossega quando
estou de volta.
Apenas quando sento e fico fazendo algo no computador, ou assistindo algo na TV é que Nina dorme sossegada ao meu lado,
mas basta eu me mover e pronto, lá esta Nina ao meu lado, indo para onde eu vou, mesmo que seja ao banheiro, não importa,
ela me acompanha e espera até eu voltar a me sentar.
Nina é muito carente. Não sei por qual razão a abandonaram. Talvez tenha sido por ela ter se machucado ou a machucaram
de alguma forma, e as consequencias fizeram com que a abandonassem.
Nina tem incontinência fecal. Nem sempre, mas algumas vezes enquanto dorme, em meio a seus puns deixa sair um
cocozinho, mas apenas ocasionalmente.
Segundo a veterinária, isso foi causado devido a algum chute que deve ter levado, ou quem sabe um ligeiro atropelamento,
mas com a absoluta certeza este foi o motivo de ter sido abandonada.
Nina tem a paleta de uma das perninhas deslocada. Uma cirurgia seria dolorosa na recuperação e por não aparecer
esteticamente e não lhe causar maiores problemas, o melhor é deixar assim mesmo.
Nina é normal em todos os sentidos, só algumas vezes o problema se deixa transparecer.
Me preocupo muito com a pequena Nina, espero que Deus me de forças para cuidar dela até o último dia de sua vida,
mas caso um dia ela precise de um novo lar, que seja alguém que a ame muito e a aceite com este pequeno problema do qual
não tem culpa, nem como contolar.
Acima de tudo, Nina precisa de atenção e carinho, muito carinho.
(Siegmar)

Nenhum comentário:

Postar um comentário