''DO NOT ABANDON YOUR BEST FRIEND''

O CÃO É O ÚNICO QUE NÃO SE IMPORTA SE VOCÊ É RICO OU POBRE, BONITO OU FEIO. O CÃO É O ÚNICO QUE REALMENTE SENTE A TUA AUSÊNCIA E SE ALEGRA DE VERDADE COM O TEU RETORNO, PORTANTO, JAMAIS ABANDONE SEU MELHOR AMIGO.



UM RAIO DE LUZ

''UMA ANTIGA LENDA DIZ QUE QUANDO UM SER HUMANO ACOLHE E PROTEGE UM CÃO ATÉ O DIA DE SUA MORTE, UM RAIO DE LUZ, QUE NÃO PODEMOS ENXERGAR DESTE PLANO DA EXISTÊNCIA, ILUMINA O CAMINHO DESTE SER PARA SEMPRE!''




quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

TIDA E MANTIDA , (TEÚDA E MANTEÚDA) / POR HUMBERTO DE LUNA FREIRE FILHO

Nós brasileiros que trabalhamos e produzimos, esperamos que esse início de ano seja de reflexão e que a sociedade como um todo, tome o mais rapidamente possível, consciência da situação de desgoverno em que vivemos. Esses últimos dez anos foram para o Brasil, anos de infelizes inovações. Um semi-analfabeto foi plantado na presidência da República e na sequência uma primeira mulher, totalmente despreparada para o cargo, mas mesmo assim, eleita presidente.
Resultado da colheita: recorde mundial na produção de corruptos. Em um ano sete ministros de Estado, foram demitidos por serem ladrões do erário graças a denúncias da imprensa livre. Outros continuaram ministros porque sabiam demais.

Uma quadrilha formada nos podres porões do Palácio do Planalto composta por deputados presidente de partido, tesoureiro de partido e banqueiros, vão para a cadeia graças ao Supremo Tribunal Federal (STF) que apesar de infiltrado por alguns ministros de reputação duvidosa, mesmo assim, deu prova de sua independência.
O Estado está aparelhado. Todos os cargos chaves da administração pública federal são hoje ocupados por cegos ideológicos, sindicalistas incompetentes e descarados beneficiários do sistema que usam o cargo para enriquecer, desde que paguem o dízimo ao partido e facilite a ação de terceiro à chave do cofre . A meritocracia e principalmente o respeito à coisa pública passam longe. Tudo isso isso reflete de maneira altamente negativa na vida do país que esse ano já arrecadou em impostos um trilhão e quinhentos bilhões de reais. É muito dinheiro para alimentar ladrões e ser desperdiçado pelos pseudos burocratas incompetentes, pendurados no cabide oficial.
Temos uma educação que não educa, não prepara, a ponto de forçar o governo a criar o imoral sistema de cotas nas universidades para que esses despreparados não fiquem pelo caminho. Por que não melhorar o ensino básico? Cotas em universidades para negros, para índios e para os que cursaram escolas públicas não passa de descriminação. Negros, índios, e pobres não necessitam de cotas, necessitam dos meios que o governo não lhes dá.
 Temos um sistema público de saúde de péssima qualidade que cheira a eutanásia. O médico é obrigado a trabalhar sem a menor condição técnica e ser remunerado com 1/4 do que ganha um motorista ou chefe de garagem do podre poder Legislativo. A prova mais cabal da falência do sistema público de saúde e o exemplo dado pelo pessoal do cúpula do governo que quando necessita de assistência médica dirigem-se aos hospitais da rede privada. E mais, chegam aos centros de referência sem a menor cerimônia, em aviões oficiais (FAB) ou fretados e pagos com dinheiro do contribuinte.

Temos uma total insegurança pública. O cidadão de bem está quase sendo obrigado pelo governo a se desarmar, um desrespeito a constituição e ao plebiscito realizada nesse sentido. Paralelo a isso se vê a inexplicável e inaceitável valorização dos bandidos, menina dos olhos da turma dos direitos humanos. Uma verdadeira inversão de valores, característica da República petista. As fronteiras estão abertas, por lá entram todo tipo de armas para abastecer a bandidagem. Tenho minha arma, devidamente registrada na Polícia Federal (PF) e jamais a entregarei ao Sr. José Eduardo Cardoso, diga-se de passagem, outro hipócrita do sistema. A munição, talvez eu a devolva, uma a uma, mas só a que sair pelo cano caso tenha minha privacidade invadida por qualquer agente público, ou não.
Temos uma economia a beira do abismo, com um PIB tendendo a zero e uma inflação em alta.

Não era de se esperar outra coisa de uma economia sob o comando de um incompetente que há anos se equilibra no cargo e que juntamente com a presidente, hoje, é motivo de chacota em charge no blog Beyondbrics do jornal britânico "Financial Times", onde uma rena de nariz vermelho (Dilma Rousseff) apreensiva e raivosa pergunta porque seus chifres (PIB) não cresceram e obtém do Elfo vidente (Guido Mantega) a promessa de que eles, com certeza, crescerão um metro no próximo ano baseando-se no simples fato de ter somado o PIB de todos os outros elfos e multiplicado por dois.
Para iniciar o próximo ano com chave de ouro a sociedade esclarecida deveria, tomando as rédeas, dar sequência às verdadeiras inovações; por que não mandar para a cadeia um primeiro ex-presidente do país? Sim, o analfabeto e mau-caráter, esse covarde que não assume o que fez porque alega que não sabe de nada, quando na verdade, sabe e comanda. Tem sua impressão digital em todos as falcatruas descobertas até hoje. Que ainda usou o dinheiro público para através de falsos programas de inclusão social, comprar os votos que o reelegeu e posteriormente eleger sua sucessora. Isso para não falar da pouca vergonha que teve, e tem, para por muitos anos, usando dinheiro público pagar sua tida e mantida (teúda e manteúda).

É verdade que cada um ou uma, dependendo de suas convicções e princípios morais tenham as parceiras ou os parceiros que lhes sejam necessários e suficientes para satisfazer seus apetites. Isso não é nenhuma novidade. Mas, na república de Macunaíma o Sr. Luiz Inácio Lula da Silva, inovou, tomou a iniciativa de pagar os préstimos recebidos da sra.Rosemary nas asas do Aerolula ao sobrevoar o Atlântico por muitas vezes, em noites de lua cheia com o meu dinheiro. Romântico, não? Está na hora de resgatar a moralidade pelo menos no serviço público. Não aceito a ideia de ter pago, por pelo menos dez anos, as orgias do Exu de Garanhuns nas noites de Lucrécia Bórgia promovidas pelo lupanar Planaltino.
Humberto de Luna Freire Filho, médico
Comentário: Aos poucos mais vozes se levantam e se fazem ouvir. As palavras deste médico refletem a triste verdade e realidade brasileira. O que se vê são mentiras, nunca antes como nestes últimos doze anos, o Brasil foi tão saqueado e emporcalhado como foi e está sendo, por estes salafrários e bandidos Lula e sua mediocre afilhada Dilma Rousseff.
Em qualquer outro país, estes vagabundos estariam na cadeia e, se fossem um porcento decentes, renunciariam ou se suicidariam. Mentirosos e defensores de corruptos, nunca tiveram vergonha na cara, muito menos sabem o que significa honestidade e decência.
(Siegmar)

P/S E A JUSTIÇA CONTINUA CEGA E INDIFERENTE, ATÉ QUANDO?
QUANTAS PROVAS AINDA PRECISAM?
OS VAGABUNDOS MENSALEIROS ESTÃO ASSUMINDO SEUS POSTOS, NÃO FORAM JULGADOS E CONDENADOS? E A PRISÃO DESTES VAGABUNDOS?  FICA SÓ NO PAPEL? FOI TUDO UMA GRANDE FARSA, ESTE "JULGAMENTO"?

Nenhum comentário:

Postar um comentário